Segunda fase da Láurea Estudantil de Criciúma reúne mais de mil alunos

Resultado será divulgado no mês de dezembro com uma premiação surpresa


- PUBLICIDADE -

Mais de mil alunos realizaram as provas da segunda fase da Láurea Estudantil das escolas municipais de Criciúma. Nos componentes de Língua Portuguesa e Matemática, as provas foram realizadas durante as duas últimas semanas. A primeira edição da iniciativa da Secretaria Municipal de Educação contou com a participação de mais de 51 escolas, entre 4º e 7º anos do Ensino Fundamental e mais o Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja).

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

O resultado final será divulgado em dezembro e terá uma premiação surpresa para os destaques gerais do 4º ao 7º ano e do Proeja. “Ficamos muito felizes com o desempenho dos nossos alunos. Na primeira fase, tivemos a participação das escolas que se inscreveram e incentivaram os alunos a participarem. Já na segunda etapa, mais de mil alunos avançaram, sabíamos que tivemos um ano passado atípico por causa da pandemia, mas vimos o empenho de cada aluno”, ressaltou o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim.

Sobre a Láurea Estudantil

O projeto foi dividido em duas etapas. Na primeira etapa de Língua Portuguesa foi realizada uma produção textual com os gêneros diferentes: 4º ano acróstico, 5º ano trava língua, 6º ano poema visual e 7º ano miniconto. Já de Matemática, a prova foi composta por 15 questões de múltipla escolha.

Na segunda etapa, os alunos reescreveram a produção textual realizada na primeira etapa. Já no componente de Matemática, os estudantes resolveram quatro questões de resolução situação-problema.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.