Santa Catarina realiza mais de 85 mil cirurgias eletivas em 2021

Foram produzidos R$ 20,8 milhões em procedimentos eletivos, sendo que a meta era de R$ 11,9 mi de janeiro a setembro

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Santa Catarina realizou 85.454 cirurgias eletivas de média complexidade de 1º de janeiro a 16 de dezembro de 2021. Além disso, autorizou 24 mil procedimentos eletivos de média e alta complexidade, desde outubro, quando foi anunciado o início da força-tarefa para diminuir o impacto das filas, atenuando o quadro e regionalizando mais o acesso da população.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Esse montante é referente às campanhas federal e estadual que ocorreram simultaneamente, colocando Santa Catarina em primeiro lugar como a unidade da federação que teve a maior execução financeira na campanha do Ministério da Saúde neste ano. Foram produzidos R$ 20,8 milhões em procedimentos eletivos, sendo que a meta era de R$ 11,9 mi de janeiro a setembro. Nesse período o estado realizou 64.634 cirurgias eletivas, referente a mais de 650 procedimentos cirúrgicos em hospitais da rede própria estadual, municipais e filantrópicos.

O secretário de Estado da Saúde, André Motta, explica que foram pactuadas também novas ofertas com as unidades hospitalares, aumentando o incremento financeiro estadual. “Fizemos um esforço imediato para ampliar as ofertas e retirar os catarinenses da fila cirúrgica. Chegamos a 100 mil pessoas esperando por cirurgia na nossa rede hospitalar, com pacientes que já estavam na fila antes e durante a pandemia. Muitos já saíram, mas outros estão entrando, pois a fila se retroalimenta. Desta forma, reafirmo aqui meu compromisso para atender essas pessoas que estão aguardando para realizar os procedimentos cirúrgicos eletivos “.

Aliado a isso, a partir de 1º de março de 2022, os 173 hospitais que fazem parte da nova Política Hospitalar Catarinense (PHC) proposta pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), irão atuar fortemente na diminuição das filas eletivas. “Teremos um volume de 15 mil cirurgias eletivas por mês que serão realizadas a partir de março. São 500 procedimentos por dia e chegaremos a isso. Mas até lá vamos atingir um número próximo”.

A nova PHC permitirá o investimento de aproximadamente R$ 618,2 milhões em hospitais de Santa Catarina a partir de 2022. Os recursos poderão ser utilizados para custeio, manutenção e investimento (desde que previamente aprovado). O trabalho foi feito com muito cuidado vocacionando as unidades hospitalares de acordo com a necessidade da região. Os serviços serão complementares nas regiões de saúde, ou seja, as unidades de saúde de menor complexidade serão retaguarda para as unidades de maior complexidade.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.