Morro da Fumaça: aulas iniciam no dia 17 de fevereiro de forma híbrida

Município elaborou e aprovou o Plano de Contingência da Educação e todos os cuidados estão sendo tomados para um retorno seguro

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Os alunos da Rede Municipal de Morro da Fumaça retomam as aulas no próximo dia 17 de fevereiro de forma híbrida devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Todos os detalhes foram definidos em encontro com as gestoras das escolas e dos Centros de Educação Infantis (CEI’s).

A secretária do Sistema de Educação, Greicy Salvador Zaccaron, explica que para organização do retorno, os pais responderão uma pesquisa para que se tenha uma diagnóstico do retorno. “Os pais terão a opção de escolher se o filho terá aula presencial ou remota”, destaca.

- PUBLICIDADE -

A lei  18.032/2020, do Governo do Estado, considera as atividades educacionais essenciais, por isso a opção pelo presencial, porém, para isso, foi elaborado o Plano de Contingência da Educação para a Retomada das Aulas Presenciais (Plancon Edu). “É um instrumento de planejamento e preparação que está pronto e aprovado pela Defesa Civil e por uma comissão criada para acompanhar este trabalho. Por isso, os pais podem ficar tranquilos que o retorno será seguro. Estamos tomando todas as medidas de prevenção e combate ao coronavírus”, pontua Greicy.

Conforme a portaria conjunta 983/2020, se a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) estiver  na matriz de risco grave (cor laranja), e se manter assim ou migrar para a matriz amarela ou azul, as escolas e CEIs estão autorizadas a retomar as aulas presenciais, desde que a capacidade operativa das salas respeitem o distanciamento social de no mínimo 1,5 metro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.