Escolas de Cocal do Sul preparadas para a volta às aulas

Na rede municipal, o ano letivo inicia nesta quarta-feira (17); segundo pesquisa, 66% dos pais optaram pelas aulas presenciais

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

As aulas da rede municipal de ensino de Cocal do Sul retornam nesta quarta-feira (17). A Secretaria Municipal de Educação está seguindo todas as normas estabelecidas pelo Plano de Contingência da Educação Municipal – Plancon, que determina as medidas sanitárias, pedagógicas, de transporte, de alimentação, de gestão de pessoas e de informação e comunicação, sob as orientações da Defesa Civil do município.

Antes da retomada das aulas, os pais responderam a uma pesquisa se optariam pelas aulas presenciais ou remotas, como foi feito em praticamente todo o ano passado. A pesquisa foi encaminhada pela Secretaria Municipal de Educação a todos os pais. Ao todo, 84% das famílias responderam ao questionário, sendo que 66% optaram pelas aulas presenciais e 34% não presenciais. Quanto aos que não responderam, as professoras estão entrando em contato por telefone para orientar os pais.

- PUBLICIDADE -

De acordo com a secretária de Educação de Cocal do Sul, Raquel Romagna Quarezemin, os pais foram chamados para responderem um termo de responsabilidade, o qual deve ser respondido até o dia de hoje (16), pois é indispensável para que o aluno possa iniciar o ano letivo, ou seja, as crianças não poderão entrar na sala de aula caso o termo não tenha sido assinado pelos pais. Ao assinar o termo, os pais ficam sabendo de toda a programação e a data em que seu filho vai ingressar nas aulas presenciais, visto que as turmas foram divididas em dois grupos – os que irão iniciar presencialmente no dia 17 e os que irão iniciar nas salas de aula apenas na próxima semana, no dia 22.

A secretária municipal de Educação explica que será feito um escalonamento, pois as aulas presenciais irão funcionar com 50% da capacidade. Por isso, a cada semana será um grupo diferente nas salas de aula, respeitando o distanciamento social e aderindo todas as normas previstas no Plancon. “As famílias precisam respeitar o escalonamento e aqueles que ainda não procuraram as escolas para assinar o termo de responsabilidade precisam fazer isso no dia de hoje. Temos que pensar que estamos vivendo em pandemia e esse é um momento delicado para os profissionais da Educação e para as crianças”, comenta Raquel.

Antes de o aluno entrar na escola, será aferida a sua temperatura e ele deverá usar o álcool em gel. A secretária municipal de Educação explica que caso o aluno apresente algum sintoma, ele será encaminhado a uma sala separada e logo serão tomadas as devidas providências.

Creches

 Em relação às creches, nesta segunda-feira (15), foi realizada uma reunião com todos os pais e professores sobre as turmas da Educação Infantil de 0 a 3 anos de idade, para trazer esclarecimentos e orientações a todos. Raquel lembra que os bebês e crianças menores precisam passar por um processo de adaptação nos primeiros dias, por isso é importante ressaltar aos pais todas as normas que precisam ser cumpridas. “Nesse ano, os pais não poderão entrar nas escolas e nem nas salas de aula, como sempre foi feito. De acordo com o Plancon, os pais precisam entregar os filhos já na porta da escola e isso precisa ser respeitado”, explica a secretária.

Assim como em todas as escolas, nas creches não é diferente. O distanciamento social também deve ser respeitado. As mesas estão espalhadas com a distância de um metro e meio e com demarcações nas cadeiras onde não se deve sentar. Há sinalização nas mesas, cadeiras, torneiras, banheiro e até no chão para que o distanciamento social seja respeitado.

Na Creche Municipal Octávia Burigo Gaidzinski – Morada da Alegria, a estrutura já está pronta para receber as crianças nesta quarta-feira. A diretora da creche, Gizelia Tizoni, conta que todos os profissionais estão se preparando para a retomada das aulas. “Estamos todos os dias fazendo treinamento com os nossos profissionais, as professoras também estão participando das capacitações, estão estudando e estão ansiosas para a volta às aulas, que será bem diferente”, comenta.

Ensino fundamental

Já nas instituições de ensino fundamental, tudo já está preparado para o retorno das aulas, com as devidas demarcações no chão, para frisar o distanciamento social, álcool em gel à disposição, bem como as máscaras, além de toda a equipe de profissionais que está passando por treinamento e capacitação constantemente.

Na Escola de Ensino Fundamental Demétrio Bettiol, os professores estão se reunindo durante a semana para trocar ideias e planejar a retomada do ano letivo. Os conteúdos do ano passado, inclusive, serão revistos. A diretora da escola, Olvilene Bez Fontana, explica que os profissionais receberam uma série de instruções, tanto da Secretaria de Educação como também da Defesa Civil, seguindo as normas do Plancon. “Estamos adequando a escola com todas essas medidas sanitárias para receber os alunos”, salienta.

Plano de Ação Municipal

“Neste momento de pandemia algumas medidas são necessárias para podermos diminuir os riscos de contágio dentro de nossa instituição. Sabemos que a Educação foi uma das áreas mais afetadas pela pandemia, dessa forma, a Secretaria Municipal de Educação está se preparando para receber nossos alunos dentro das medidas sanitárias, buscando garantir o máximo de segurança para todos”, ressalta Raquel.

Pensando nisso, foi elaborado o Plano de Ação Municipal, documento estruturado pelo Comitê de Ações Educacionais, já previsto no Plancon, onde busca orientar a Rede Municipal de Ensino no planejamento e organizações de ações para o retorno das aulas presenciais.

Os pais que desejarem ler na íntegra os Planos de Ação Municipal da creche, ensino fundamental e pré-escola poderão ter acesso através do site prefeituracocaldosul.sc.gov.br e também nos grupos de pais do whatsapp, que serão enviados pelas diretoras de cada escola. Para informações, esclarecimento e para tirar dúvidas, os pais também podem entrar em contato com a Secretaria de Educação pelo telefone 3444-6050.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.