Deputado irá repassar recursos para construção de passarelas na Unesc

O ato oficial de entrega dos recursos será realizado nesta sexta-feira, 9 de julho

Foto: Divulgação/ Mariéli Salvador
- PUBLICIDADE -

O Deputado Federal Ricardo Guidi proporcionará a construção de passarelas no campus da Unesc. Através de recursos no valor de R$1,5 milhão, o projeto em parceria com a Prefeitura Municipal, interligará os prédios e facilitará o deslocamento para alunos, professores e visitantes. O repasse oficial da quantia será realizado nesta sexta-feira, 9 de julho, às 19h30min, em evento também transmitido pelos canais oficiais da instituição.

A estrutura compreenderá mais de mil metros de passagens com calçada e cobertura metálica. Esse já era um compromisso assumido pelo parlamentar com a comunidade e com a região Sul. “É uma alegria imensa viabilizar recursos para uma obra tão esperada por toda comunidade universitária. Tenho raízes e um grande carinho pela universidade, não somente como egresso do curso de direito, mas como filho de pessoas que se dedicaram pela instituição: meu pai Altair Guidi foi vice-presidente da comissão de construção e diretor-presidente da FUCRI (hoje Unesc) e minha mãe Sandra Zanatta Guidi, além de aluna, foi professora”, colocou. Ainda segundo ele, a expectativa é que as obras estejam prontas para atender as pessoas o mais rápido possível.

- PUBLICIDADE -

A reitora Luciane Bisognin Ceretta comemorou a chegada do recurso. “A construção das passarelas é um projeto que aguardávamos há muito tempo, um pedido dos nossos estudantes, professores , funcionários e comunidade externa que busca os serviços da nossa Unesc. Um benefício para aproximadamente 13 mil pessoas que circulam diariamente pelo campus (em período não pandêmico)”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.