AMESC: aulas presenciais da rede municipal retornam dia 16 de março

A reunião desta quarta-feira, 03, com os prefeitos do extremo sul teve o intuito de promover reflexões sobre a saúde coletiva da sociedade

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Os prefeitos da AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) estiveram reunidos com os promotores Diogo André Matsuoka A. dos Santos, da 1ª Promotoria de Araranguá, e Joel Zanelato, da Promotoria de Sombrio, nesta quarta-feira, 03. Foram levantados debates referentes a situação da covid-19 e no qual ficou alinhado que as aulas da rede municipal de ensino retornam de forma presencial no dia 16 de março, sendo que Maracajá retornará presencial no dia 8. Apenas se o estado de Santa Catarina tiver um decreto maior de lockdown a definição não entra em vigor.

Segundo o presidente da AMESC, prefeito de São João do Sul, Moacir Francisco Teixeira, os prefeitos mantém um momento de cautela, ouvindo as autoridades, analisando decretos e população. Neste momento, além dos promotores presenciais, estavam na reunião de forma online o promotor público estadual João Luiz de Carvalho Botega e promotor da Comarca de Turvo, Mateus Erdtmann, e ainda representantes da saúde, educação, assistência social e jurídicos dos 15 municípios, bem como membros da diretoria do Hospital Regional de Araranguá, a fim de assinalar a situação sobre o coronavírus na região.

- PUBLICIDADE -

Os promotores ressaltaram a importância das definições que a AMESC tem tomado de forma colegiada. Para eles, a estruturada organizada e o trabalho regionalizado trazem ganhos. A reunião teve  o intuito de promover reflexões sobre a saúde coletiva da sociedade, já que tanto os gestores públicos quanto o Ministério Público preveem a qualidade de vida da população. Todos possuem consenso das dificuldades quanto a tomada de decisões.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.