(Vídeo) Urussanga: bombeiros salvam a vida de criança afogada

Vítima de 1 ano e 3 meses caiu em um açude na residência da família

Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros
- PUBLICIDADE -

Urussanga

Na última sexta-feira, dia 2, a família do pequeno Joaquim passou momentos de desespero. A criança de 1 ano e 3 meses caiu em um açude na residência da família, no bairro Rio Carvão em Urussanga.

- PUBLICIDADE -

“Estávamos dentro de casa, as crianças brincando, quando percebi que não ouvia mais a voz dele”, disse o pai da criança Eliezer Schuelter Porfírio. Ao perceberem a ausência do pequeno Joaquim, Ana Paula (mãe) e Eliezer correram até ao açude e viram Joaquim imerso. Sem hesitar entraram na água e retiraram o pequeno desfalecido, sem respirar, já apresentando cianose.

Imediatamente Eliezer iniciou os primeiros socorros, realizando ventilações de resgate e compressões torácicas. Com os procedimentos, Joaquim começou a tossir e a chorar, entretanto muito debilitado pois havia aspirado muita água. Colocaram-no no veículo da família e se deslocaram até ao quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Urussanga, onde foram atendidos pelo Soldado Medeiros, Soldado Oliveira, Sd Marco Antônio, Bombeira Comunitária Juliana e Bombeira Comunitária Cavanholi (vídeo).

Realizado os procedimentos iniciais, o pequeno Joaquim que apresentava tosse, dificuldade respiratória e rebaixamento do nível de consciência, foi conduzido até ao Hospital Nossa Senhora da Conceição de Urussanga, e logo após, ao Hospital Infantil Santa Catarina. Após tratamento e receber alta hospitalar, a família Porfírio visitou o quartel dos bombeiros na tarde desta segunda-feira, dia 5, para agradecer o atendimento prestado: “ Não temos palavras para agradecer o que vocês fizeram por ele (Joaquim) e por nós”, disse a mãe do pequeno Joaquim, Ana Paula Cardoso Canever.

A família conheceu as instalações, as viaturas, conversou com a guarnição de serviço e passeou no caminhão de combate a incêndio. “ É inexplicável a sensação de poder ter ajudado a salvar uma vida e muito gratificante receber a visita da família do pequeno Joaquim ”, disse o Soldado Marco Antônio bastante emocionado. Assim acabou os momentos de angústia da sexta-feira e se transformou em felicidade e diversão.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.