Tubarão: Polícia Civil prende assaltante

Homem de 39 anos havia roubado uma bicicleta de um menor

Foto: Divulgação/ Polícia Civil
- PUBLICIDADE -

Tubarão

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Combate a Furtos e Roubos, da Delegacia de Polícia da Comarca de Tubarão, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva a um homem, de 39 anos, suspeito de ter cometido um assalto no dia 12 deste mês, nas proximidades da arena multiuso, na cidade azul.

- PUBLICIDADE -

A Divisão de Combate a Furtos e Roubos de Tubarão tomou conhecimento, através de um boletim de ocorrência, de que, no dia 12 de setembro deste ano, durante a tarde, um adolescente de 15 anos estava nas proximidades da pista de Skate Plaza quando o pneu de sua bicicleta furou. Minutos depois o criminoso se aproximou do jovem e pediu R$ 5,00, tendo a vítima dito que não possuía o valor. O suspeito segurou o adolescente, disse “me passa a bike ou o celular” e que, caso a vítima não entregasse a bicicleta, ele cortaria sua barriga com uma faca, momento em que a vítima fugiu e o autor subtraiu a bicicleta.

Assim que tomou conhecimento do fato, uma equipe da DCFR procedeu em diligências no intuito de identificar o autor do fato e, após inúmeras diligências, lograram êxito em identificar o autor do fato. A vítima reconheceu RMHO como sendo o indivíduo que o abordou, ameaçou e subtraiu sua bicicleta.

Diante disso, o Delegado de Polícia representou pela prisão preventiva do homm, pleito que foi deferido pelo Poder Judiciário. No dia 24 de setembro, uma equipe desta Divisão localizou o suspeito nas proximidades do Farol Shopping e o capturou.

O sujeito foi conduzido à Delegacia de Polícia, onde foi interrogado e indiciado pela autoridade policial. Após os procedimentos de polícia judiciária, o indiciado foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário local.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.