SC: homem é condenado por matar mulher e enterrar corpo na horta de casa

Crime ocorreu na Serra catarinense em 2018, e julgamento do homem de 62 anos foi nesta terça. Segundo denúncia, ele agrediu companheira até a morte

Foto: Susana Küster/ Correio Lageano
- PUBLICIDADE -

Lages

O homem acusado de agredir a companheira até a morte e de enterrar o corpo dela no quintal de casa, onde ficava a horta, foi condenado a 17 anos de prisão. O julgamento ocorreu nesta terça-feira (27) em Lages, na Serra catarinense.

- PUBLICIDADE -

Apenas os filhos do casal puderam acompanhar o júri que durou quatro horas e foi realizado no Fórum da cidade.

O crime ocorreu em setembro de 2018 após uma discussão que teria sido motivada por ciúmes. O acusado, de 62 anos, e a vítima, Maria Eva Varela Lopes, de 54 anos, estavam juntos há 30 anos.

O homem confessou o crime na época, mas no julgamento ficou em silêncio. Ele foi condenado por homicídio qualificado por feminicídio, motivo torpe e meio cruel, além de ocultação de cadáver.

Segundo a denúncia do Ministério Público, a vítima foi agredida, a socos, chutes e empurrões até a morte. O homem foi levado para o presídio masculino de Lages, onde deve cumprir a pena em regime fechado.

O juiz negou que ele recorra da sentença em liberdade. Até as 21h desta terça o G1 não conseguiu contato com a defesa dele.

Com informações do G1 SC

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.