Nacional: Mulher denuncia vizinho por bater em cão, é agredida e morre

Viviane Andrea dos Santos estava internada em um hospital de Campo Mourão desde o dia 20 de setembro. Homem bateu na cabeça da vítima com um tijolo. Suspeito do crime não está preso

Foto: Reprodução/ RPC
- PUBLICIDADE -

Uma voluntária de uma ONG de proteção animal que foi agredida por um vizinho após defender um cachorro morreu em um hospital de Campo Mourão, no centro-oeste do Paraná, na madrugada desta quarta-feira (14).

Segundo a Polícia Civil, no dia 20 de setembro, Viviane Andrea dos Santos, que tinha 33 anos, chamou a Polícia Militar e uma ONG de proteção animal porque o vizinho estava agredindo o cachorro dele com um pedaço de madeira.

- PUBLICIDADE -

Os policiais que atenderam a ocorrência, que ocorreu no Jardim Paulista, não encontraram o suspeito no local, porém resgataram o animal ferido. Horas depois do atendimento da PM, ainda segundo a Polícia Civil, o suspeito invadiu a casa de Viviane e a agrediu na cabeça com um tijolo

A vítima foi socorrida e levada ao hospital Santa Casa em estado grave, ela estava com vários ferimentos na cabeça. Viviane era voluntária em uma ONG e cuidava de 12 animais foram vítimas de maus-tratos.

No dia das agressões, o suspeito do crime foi levado à delegacia, prestou depoimento e foi solto. Ele respondia a um inquérito por lesão corporal.

Com a morte da vítima, segundo o delegado que cuida do caso, o homem poderá responder por homicídio ou lesão corporal seguida de morte. Ele continua em liberdade.

Com informações do G1

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.