Içara: Mulher fica gravemente ferida em acidente na SC-445

Colisão aconteceu próximo a empresa Librelato, devido a parada da fila para a travessia dos trabalhadores

Fotos: José Adílio
- PUBLICIDADE -

As estatísticas só aumentam com os registros de acidentes na SC-445, na rodovia que liga Criciúma a Balneário Rincão, em Içara, nas proximidades da empresa Librelato. Na manhã desta segunda-feira, dia 28, a vítima foi Lucilene Marcan Custódio, que dirigia um Citroen no sentido Criciúma-BR-101. Ela ficou gravemente ferida e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros de Içara, sendo encaminhada para o Hospital São Donato. A mulher bateu em um caminhão Ford, de Içara. O motorista do caminhão não teve ferimentos.

- PUBLICIDADE -

Devido ao acidente, a rodovia ficou congestionada nos dois sentidos e o trânsito seguiu lento nesta manhã. A revolta dos motoristas e pedestres é devido ao pedido feito pela comunidade para que seja construída uma passarela no local para evitar este tipo de acidente, que acontecem com certa frequência. Entretanto, o Governo do Estado não tem atendido às reivindicações.

Na manhã de hoje, a motorista do Citroen não percebeu que a fila parou para a travessia dos trabalhadores da Librelato de um lado para o outro, pois a empresa tem área de trabalho nos dois lados da rodovia, e a passagem dos trabalhadores é constante durante todo o dia e inclusive a noite, pois a empresa também tem o turno noturno.

Ainda em choque, o marido da motorista, Geremias Custódio, que trabalha na unidade central da rede dos Supermercados Giassi, acompanhou o socorro da esposa até ser encaminhada para o hospital e depois ficou acompanhando o resgate do veículo. Geremias falou para a reportagem que é comum acontecer acidentes na localidade, mas que existe descaso por parte do poder público, que já deveria ter feito uma passarela no local.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.