Içara: homem que esfaqueou trans é preso preventivamente

Ele se entregou na delegacia da Polícia Civil, acompanhado de advogado

Colaboração / João Castro
- PUBLICIDADE -

Érik Borges

Içara

- PUBLICIDADE -

Um dos suspeitos pela tentativa de latrocínio contra Rebeka Curtts se entregou à Polícia Civil. De acordo com o delegado de Içara, responsável pelas investigações, Marcelo Vianna, o rapaz teve depoimento coletado e foi preso temporariamente após a Justiça expedir o mandado de prisão representado pela autoridade policial.

“A prisão se dá de forma cautelar. Dessa forma, ele fica preso pelos próximos 30 dias”, diz Vianna. A prisão poderá ser prorrogada por mais 30 dias, caso o delegado solicite ao Poder Judiciário.

O delegado ressalta o comprometimento da equipe investigativa no sucesso das diligências. Também destaca a celeridade do Ministério Público (MP) e do Poder Judiciário de Içara a respeito da representação da prisão requerida pelo delegado. “O inquérito policial foi encaminhado para análise do Ministério Público e Poder Judiciário, aguardando a apreciação de novas medidas cautelares”, informa Vianna.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.