Florianópolis: Operação cumpre 20 mandados contra grupos criminosos

Dentre os delitos investigados estão tráfico de drogas, porte ilegal de armas de fogo, lavagem de dinheiro e integrar organizações criminosas

- PUBLICIDADE -

Na manhã dessa sexta-feira (23), a Polícia Civil e a Polícia Militar deflagraram mais uma operação para combater o crime organizado que age em Florianópolis. Estão sendo cumprindo cerca de 20 mandados de busca e apreensão expedidos em razão das investigações.

Pela Polícia Civil, a ação é realizada por meio da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (DECRIM) da Capital e ocorre no Bairro Monte Cristo, na comunidade Chico Mendes. O objetivo é aprofundar as investigações sobre as organizações criminosas que atuam na localidade. Dentre os delitos investigados estão tráfico de drogas, porte ilegal de armas de fogo, lavagem de dinheiro e integrar organizações criminosas.

- PUBLICIDADE -

No decorrer do inquérito policial foram demonstrados indícios das práticas criminosas dos crimes investigados, além da materialidade que vem sendo recorrentemente apreendida pela Polícia Militar naquela localidade. Por essas razões, após a manifestação da 39º Promotoria de Justiça da Capital, o Juízo da Vara Regional Metropolitana de Florianópolis analisou as provas e expediu as ordens judiciais.

A operação conta com a participação de cerca de 50 policiais civis e 50 policiais militares. Participam os policiais civis das unidades da Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis, da CORE e do SAER, além dos policiais militares do 22º BPM e do Canil da PM. As investigações são coordenadas pela equipe da DECRIM, sob a presidência do Delegado de Polícia João Fleury. As diligências ainda estão em andamento.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.