Usina de Asfalto no Extremo Sul garante economia de 50%

Consórcio entre Turvo, Timbé do Sul e Jacinto Machado já vem dando resultados positivos nos municípios

- PUBLICIDADE -

Turvo

Uma parceria entre municípios do Extremo Sul tem ampliado as pavimentações, com uma economia de quase 50% em relação às obras licitadas. Através de um consórcio, os municípios de Turvo, Timbé do Sul e Jacinto Machado adquiriram uma Usina de Asfalto e todos os equipamentos necessários para a realização dos trabalhos. E em cerca de um ano, já foram mais de 10 quilômetros produzidos.

- PUBLICIDADE -

Segundo o prefeito de Turvo, Tiago Zilli (MDB), através deste modelo, foi possível realizar pavimentações em lugares que não estavam previstos. “Foi um consórcio que fizemos. Compramos a Usina de Aslfato, rolo, espalhador. Passamos a fazer o asfalto com o nosso pessoal. Esse da usina, para ter uma noção, foi uma das maiores obra que conseguimos fazer. Conseguimos tocar com recurso próprio. Uma economia de mais de 50% do custo. A usina ficou pronta faz um ano. Agora que ela está trabalhando à todo o vapor”, explica.

A principal diferença é o preço. Zilli conta que em 2017, em uma licitação, o município pagava cerca de R$ 400 por cada tonelada de asfalto. E que hoje, mesmo com a inflação e o aumento nos insumos, através do consórcio, é gasto R$ 254 na mesma quantidade. “A usina produz de 20 a 40 toneladas por hora. Depois de pronta a base da estrada, para asfaltar um quilômetro, vai em média mil toneladas. E além do asfalto que é produzido, depois tem espalhar, aplicar, fazer a estrada. E é aí a economia se torna maior ainda”, explica o prefeito.

Comemoração

A Usina de Asfalto ganhou destaque durante o fim de semana, quando eram feitos os trabalhos de pavimentação na comunidade de Linha Contessi, em Turvo. Em um vídeo, moradores da localidade comemoravam as obras. “No fim de semana, a usina não estava trabalhando, e na hora que chegou na frente da casa dele, fez aquela festa. Eu estive lá no domingo de manhã. E eles diziam que nem acreditavam que chegaria o asfalto na comunidade. Não se falava em asfalto no interior. Ver o pessoal comemorando assim, dá gosto de ver”, conta o prefeito, sobre a obra, que está recebendo 1,4 quilômetros de asfalto.

Zilli, que se despede do cargo no fim de dezembro, também destaca que com os trabalhos em andamento, o consórcio irá auxiliar muito os próximos prefeitos. “Vai facilitar muito. Os próximos prefeitos têm o caminho pronto. A parceria deu certo. Acredito que o município de Ermo vai entrar também. Já foi aprovado para o ano que vem. Se não for assim, depende de projeto, de verba, de emenda de deputados, de licitação. Isso gera agilidade, menor custo”, completa.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.