Ulisses Gabriel busca a renovação para Orleans

Candidato a prefeito, que tem como vice Lucas Librelato, foca na necessidade de uma gestão eficiente e em transformar o município em referência

Foto: Guilherme Cordeiro/TN
- PUBLICIDADE -

Thiago Oliveira

Orleans

- PUBLICIDADE -

Renovação para Orleans. Essa é a proposta de Ulisses Gabriel (PSD), que concorre à prefeitura ao lado de Lucas Librelato (PSD). “A política precisa de renovação. De ares novos, gente nova, com ideias novas. Se estivéssemos até hoje vivendo nas cavernas, não teríamos a roda, o fogo, energia, televisão, internet. Pessoas novas vieram com perspectivas novas e ideias novas. A partir daí, as coisas novas acontecem”, destaca.

Delegado de Polícia e suplente de deputado estadual, Ulisses iniciou na política por influência do sogro, José Carlos Librelato, que foi vice-prefeito. “Nunca tive envolvimento político. Nunca fui filiado a partido político. Meu sogro é quem tinha. E ele me dizia que pessoas boas têm que se envolver na política, porque se não se envolvessem, pessoas de má índole iriam e teriam o mandato. Então depois que ele morreu em 2013, no ano seguinte me filiei ao partido que ele ajudou a fundar, o PSD, mas na sequência, não me dediquei à militância partidária. Em 2018 me convidaram para participar do processo eleitoral, em função que era presidente da Associação dos Delegados de Santa Catarina. Uma entidade que representa os delegados de todo o Estado. Fui convidado a participar pelo conhecimento que eu tenho na área de segurança pública, que eu poderia agregar nessa área. Participei do processo eleitoral. Recebi quase 30 mil votos e em Orleans foram quase 6 mil votos, de pessoas que depositaram sua confiança em mim, baseada nas ideias que eu propus”, destaca.

 

Participação popular no Plano de Governo

O candidato conta que desde o início da campanha, uma ideia era dar mais espaço para que a população destacasse as necessidades, e para isso, foram coletadas ideias para a montagem de um Plano de Governo participativo. “O Plano de Governo não pode ser só uma peça publicitária. É um compromisso que o candidato faz com a população. Um projeto para a cidade para os quatro anos. Então a cidade tem que participar da construção do Plano de Governo. Recebemos mais de 1.200 participações, finalizamos ontem e hoje ele começou a ser impresso para ser distribuído à população. Orleans carece de uma renovação política. Se vem sempre fazendo as mesmas coisas e colhendo o mesmo resultado. Carece de mais participação do povo no processo de escolhas e decisões”, conta.

Economia
Uma das prioridades de Ulisses é fortalecer a questão econômica de Orleans. “Precisamos fazer uma recuperação econômica e queremos que Orleans seja referência. Tenha uma vocação. Além da indústria, que também tenha uma vocação na agroindústria. Temos uma produção de 1,5 milhão de litros de leite por mês e não temos um laticínio. Temos uma produção forte de fruticultura e não temos uma indústria de transformação de geleias. Temos uma forte produção de suínos e apenas uma pequena indústria de transformação de embutidos. Queremos atrair cooperativas, pequenas e médias empresas para transformação dos nossos produtos. Trazer um laticínio para que a agricultura tenha seu produto transformado, gerando mais renda para o município”, adianta.
“Na área da indústria, sabemos que há vários municípios que construíram áreas industriais e tiveram um resultado muito positivo. Cocal do Sul é um exemplo. Em sete anos, foram 700 empregos gerados com 29 empresas. Queremos fazer uma área industrial, a aquisição de um terreno. Fazer todo o trabalho de terraplanagem, pavimentação, energia elétrica, esgoto e água e depois disso, temos a intenção de dividir todo esse custo por mais ou menos 100 lotes. Executar a primeira parte com 25 lotes. Dá 3 anos para que a empresa possa efetivamente começar a operar e dar um prazo de 10, 15 ou 20 anos para fazer o pagamento sem juros, só a recomposição inflacionária. Atuar fortemente na agricultura e na indústria”.

Educação e saúde
Na educação, a ideia é transformar a base através de um projeto piloto. “Um modelo chamado “escola do futuro”, onde todos os alunos não terão apostilas, mas tablets, que serão seus instrumentos educacionais com todo o acesso à internet. Apresentado o caso para a Secretaria de Estado da Educação e Ministério da Educação, para fazer uma transformação da educação de base, tendo cada vez mais cidadãos qualificados. Que possam fazer cursos técnicos para que possam trabalhar na indústria, no comércio, agricultura, turismo e no serviços e fomentar a educação superior, sem deixar de levar em consideração que temos o grande objetivo de recuperar emprego e renda”.
Na saúde, Ulisses busca aumentar a produtividade dos médicos, de forma que possam atender mais pessoas ao dia, além de ampliar o horário dos postos de saúde, além da construção de uma policlínica. “Fazer um trabalho preventivo, valorizando na policlínica 10 áreas pontuais. Tudo num único lugar que pode atender a população de Orleans que está carente na saúde pública”, adianta.

Sustentabilidade
Outra ideia é fazer com que Orleans seja uma referência na questão de sustentabilidade. “Queremos fazer projetos com as empresas plásticas, que são boa parte da nossa indústria, para que possamos fazer a separação do lixo, começando pelas escolas. Depois uma cooperativa de catadores fazer a separação antes de vir para o depósito do consórcio, porque a gente economiza com isso. Transformando com as recicladoras o nosso plástico, para que ele volte para a indústria plástica, fazendo todo o ciclo. Mostrando que não existe vilania na questão plástica, mas a possibilidade de um desenvolvimento sustentável, transformando Orleans em referência de sustentabilidade”.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.