Treviso discute segurança pública para as eleições municipais

O pedido das autoridades locais aos presidentes partidários foi no sentido de que sejam orientadas as suas respectivas militâncias e candidatos para uma campanha eleitoral respeitosa e ordeira, dentro dos limites legais

Divulgação
- PUBLICIDADE -

Treviso

Estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira, dia 4, nas dependências da delegacia de Polícia Civil de Treviso, o responsável pela Unidade Policial o Sr. Cláudio Nunes, o Comandante local da Polícia Militar Sr. Murilo Gonçalves e os presidentes dos partidos municipais, os Sres. Nei Buogo do PSDB, Gabriel Colombo do PP e Ernany Moreti do MDB.

- PUBLICIDADE -

O objetivo da reunião foi tratar de assuntos e condutas relacionadas à segurança pública para a reta final e para o dia das eleições municipais deste ano em Treviso. O pedido das autoridades locais aos presidentes partidários foi no sentido de que sejam orientadas as suas respectivas militâncias e candidatos para uma campanha eleitoral respeitosa e ordeira, dentro dos limites legais.

Tendo em vista o histórico de atos de violências em pleitos passados, explicaram que haverá reforço policial e não serão toleradas transgressões, independentemente da origem e da sigla partidária, principalmente nos dias que antecederem o pleito. Que, no dia da eleição, tendo em vista as restrições devidas à pandemia (COVID-19), não serão permitidas aglomerações e atitudes suspeitas, principalmente nas proximidades dos locais de votação.

“Contamos com a colaboração e a compreensão de todos para que tenhamos uma eleição sem conflitos ou maiores incidentes”, comentou o Sr. Murilo. “O comprometimento deve se dar não apenas por parte dos candidatos e dos dirigentes partidários, mas por todos, incluindo os eleitores”, complementou o Sr. Nunes.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.