SC: Governo economiza R$ 3 mi em aquisição de luvas para combate à Covid

São mais de 18 milhões de pares de luvas, que serão distribuídas para agentes de saúde, policiais e outros servidores que continuam atuando em atividades presenciais e na linha de frente no enfrentamento à doença

Foto: Maurício Vieira/ Secom

- PUBLICIDADE -

Florianópolis

As estratégias do grupo de compras públicas, criado pelo Governo do Estado especialmente para coordenar as aquisições durante a situação de emergência por conta da epidemia de Covid-19, geraram economia de R$ 3,1 milhões na aquisição de luvas descartáveis. O núcleo abriu chamada pública para incentivar a ampla concorrência entre os fornecedores.

- PUBLICIDADE -

O Governo de Santa Catarina adquiriu mais de 18 milhões de pares de luvas, que serão distribuídas para agentes de saúde, policiais e outros servidores que continuam atuando em atividades presenciais e na linha de frente no enfrentamento à doença.

De acordo com a diretora de Gestão de Licitações e Contratos da Secretaria de Estado da Administração, Karen Bayestorff, o preço médio do par de luvas no Painel de Preços é de R$ 0,71. A última compra realizada pela Secretaria da Saúde, em 2019, custou R$ 0,47. “Agora, na compra em larga escala, conseguimos negociar por R$ 0,30 o par, gerando economia e favorecendo a melhoria no gasto público, mesmo em meio à pandemia”, disse.

O grupo de compras públicas é coordenado pela Diretoria de Gestão de Licitações e Contratos da Secretaria da Administração em parceria com as instituições que atuam na linha de frente ao enfrentamento da epidemia ou aquelas em que os servidores continuam as atividades presenciais. O grupo tem representantes das secretarias de Saúde, Administração Prisional e de todas as instituições que compõem a Segurança Pública catarinense.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.