Política Regional: PL na aliança de MDB e PSL em Araranguá;

Confira as novidades dos bastidores políticos na região da Amesc

Foto: Lucas Colombo/ Arquivo TN

- PUBLICIDADE -

César deve confirmar aliança MDB-PSD-PL-REPUBLICANOS-CIDADANIA

Está bem encaminhada a participação do Partido Liberal (PL), na aliança com MDB, PSD, Republicanos e Cidadania. Foi o que ficou encaminhado no final da manhã desta quarta-feira (9).

- PUBLICIDADE -

Faltam apenas alguns ajustes e o anúncio deverá ser feito em conjunto com os 5 partidos, o que pode acontecer nas próximas horas.

Na foto, César Cesa (MDB), com o pré-candidato Igor Gomes (PL) e o presidente do PL, Adriano Guimarães.

O PL entra na aliança dentro das regras estabelecidas pelo grupo, como a escolha do nome para vice, que deve ser feita por pesquisa eleitoral encomendada pela coligação.  A convenção do partido será feita de forma virtual através do aplicativo google meet, domingo, dia 13 de Setembro, das 11 às 12 horas.

Já os demais partidos da aliança deverão fazer convenção no dia 15 de Setembro.

Os rumos do PSL

Depois da conversa com o governador Carlos Moisés e Fábio Schiochett (PSL), em Florianópolis, o PSL de Araranguá ficou mais afastado do Progressistas do que estava. Isto porque havia um movimento no PSL estadual para levar Rodrigo Turatti (PSL) a assumir como deputado estadual por pelo menos 40 dias na vaga do deputado estadual Ricardo Alba (PSL), que irá concorrer à prefeito de Blumenau.

O problema é que com a pressão sobre o governador por causa dos pedidos de impeachment contra ele e sua vice, achou melhor que Alba não se licenciasse mesmo em campanha.

O pedido de Zé Milton (PP) e do PSL para uma aproximação com o PP em Araranguá, ficou desidratado.

Rodrigo Turatti (PSL) fica mais próximo de estar com César Cesa (MDB) e até de Ricardo Ghelere (PRTB). No primeiro caso, a vaga de vice será definida por pesquisa. No segundo, Claudete Bianchi (PRTB) poderia abrir mão da vaga de vice para Turatti formar chapa com Ricardo, e ela voltaria a disputar cadeira na Câmara.

Evandro e Carlos 

A coligação PSL, PV, MDB e PSC fez reunião na segunda-feira (7) com todos os partidos juntos e decidiu pela convenções no próximo domingo (13), às 15 horas, no Hotel Scaini, onde será homologada a candidatura chapa pura com Evandro Scaini (PSL) a vice e do atual vice-prefeito Carlos Scarsanella (PSL) como vice.

Carlos apoia Evandro desde as eleições de 2018, quando, junto com os vereadores Maria Alice (PSL), Lei do Mar Azul (PSL) e Elvio Zocche (PSL), estiveram com o ex prefeito de Balneário Arroio do Silva foi candidato a deputado estadual.

O que disse o prefeito?

Um dia depois de mais uma noite de alagamentos no município, o prefeito Henrique Maciel (PSL) deverá anunciar nesta quarta-feira (9), de forma oficial, que não irá concorrer à reeleição em Praia Grande.

Na tarde de segunda-feira (7), feriado da Pátria, o prefeito Henrique fez reunião com seu grupo político e anunciou que não irá disputar a reeleição.

Ele deverá anunciar apoio à chapa de Elisandro “Fanica” Machado (PP) e Rodrigo Mariani (PSDB), e partidos aliados.

Antes de Henrique, haviam anunciado que não iriam concorrer: Tiago Zilli (MDB) – de Turvo; Arlindo “Lale” Rocha (sem partido) – Maracajá; Juscelino da Silva “Mineiro” Guimarães (PSDB) – Balneário Arroio do Silva; Mariano Mazzuco Neto (PP) – Araranguá.

Dos 15 prefeitos da Amesc, 10 poderiam concorrer, mas apenas 5 concorrem: Jonas Gomes de Souza (MDB) – Passo de Torres; Moacir Teixeira (MDB) – São João do Sul; João Batista “Gaiola” Mezzari (MDB) – Jacinto Machado; Eder Mattos (PL) – Meleiro; e Roberto Biva (PP) – Timbé do Sul.

O que disse o prefeito?

À coluna, Henrique Maciel (PSL) tratou de mandar uma mensagem cifrada:

“As definições estão se encaminhando…. Coligação reforçada… Praia Grande acima de tudo… Deus acima de todos!!!”.

 Com informações do jornalista Everaldo Silveira – Enfoque Popular e Post TV
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.