Política Regional: carretas e drive-in

Leia sobre o cenário político na região da Amesc

Foto: Lucas Colombo/ Arquivo TN
- PUBLICIDADE -

LANÇAMENTO DO 55

O lançamento oficial do Plano de Governo, na noite desta sexta-feira (9) e um bandeiraço seguido de carreata na tarde de domingo (11) pelas principais vias do município, marcam as atividades da coligação Evoluir com Inovação e Transparência de Brambila e Volnei para prefeitura de Maracajá, até o final de semana.

- PUBLICIDADE -

A apresentação do Plano de Governo ocorrerá à partir das 19h, na live da coligação, transmitida pelo Facebook, Instagram e You Tube, que já se tornou uma das características da coligação. O ato contará com as presenças de dois ex-prefeitos, Antenor Rocha e Antônio Carlos de Oliveira, o Cacaio, ambos progressista e o atual prefeito, Arlindo Rocha.

COMÍCIO DRIVE-IN TURVO

Edson Pisca (MDB) e Heriberto Schmidt (MDB)- que foi 3 vezes prefeito, lançaram campanha com carreata e comício drive-in na noite de terça-feira (6). A mobilização iniciou com uma carreata que saiu da comunidade de Linha Contessi e encerrou no Grêmio Turvense.

Os militantes cantaram a música da campanha da coligação “Melhor para Turvo”, que tem MDB e PDT, e o prefeito Tiago Zilli (MDB) como coordenador da campanha. Ele relembrou em seus discurso o saudoso Luiz Henrique da Silveira (MDB).

COMÍCIO DRIVE-IN SOMBRIO

Os candidatos a prefeito Cristian Rosa (PP) e a vice Volnei Giassi (PSDB) fazem para a primeira ‘Carreata com Drive-in’ da coligação ‘Sombrio Merece Respeito’, neste domingo, dia 11, a partir das 16h, na Avenida Prefeito José João Scheffer.

EQUIPE DE MÍDIA

Depois da saída Sandro Ramos da coordenação da campanha de Everton Pinto (PDT) e Nito de Paula (PT), o jornalista Jorge Pimentel deixou a Assessoria de Imprensa do município de Balneário Arroio do Silva para atuar diretamente na campanha.

A campanha de Pinto e Nito será tocada por uma equipe que terá a Pimentel e profissionais de mídia, com o apoio da coordenação central da ‘Coligação Por um Arroio Melhor’.

PSL DESCOLIGADO

O recurso da coligação “Por Amor a Araranguá” ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC), de Daniel Viriato (PP) e Anísio Premoli (PDT), foi julgado improcedente e o PSL fica fora da coligação. No entanto, o ex vice-prefeito Rodrigo Turatti (PSL) está na campanha de Daniel (PP) e Anísio (PDT).

OUTRA DESISTÊNCIA

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) também perdeu um candidato, que renunciou. Elias de Souza (PDT), da coligação de Daniel Viriato (PP) e Anísio Premoli (PDT).

CANCELAMENTO

A juíza ainda abriu prazo para Amauri Laranjeira (PSDB) se justificar porque “encontra-se com o título na situação CANCELADO e possui débitos por ausências às urnas”. Não votou há pelo menos 3 eleições seguidas.

MULTA PESADA

É crime divulgar enquete e pesquisa eleitoral não registrada a partir de 1º de janeiro de 2020: Tribunal Superior Eleitoral, Resolução nº 23.600. Empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às eleições ou aos candidatos, para conhecimento público, são obrigadas, para cada pesquisa, a registrar, no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle), até 5 (cinco) dias antes da divulgação.

IMPEACHMENT

O desembargador Ricardo Roesler, presidente do Tribunal Especial de Julgamento, marcou para o dia 23 de outubro, uma sexta-feira, a sessão para discussão e votação do relatório, entregue na quarta-feira (7) pelo deputado Kennedy Nunes (PSD), referente à denúncia por crime de responsabilidade contra o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e a vice Daniela Reinehr (sem partido) no reajuste salarial dos procuradores do Estado. A sessão será as 9 horas, no plenário da Assembleia Legislativa.

REGISTRO DEFERIDO

A coligação “Evoluir Com Inovação e Transparência” impugnou o pedido de registro de candidatura ao cargo de vereador do Município de Maracajá formulado por Valmir Carradore (MDB), sob o argumento de que o requerido não se desincompatibilizou de sua função do cargo de diretor da APAE, a qual é mantida por recursos públicos, o que geraria inelegibilidade. Notificado, o impugnado apresentou defesa sustentando que não há necessidade de desincompatibilização nos casos em que o candidato é dirigente da APAE. A juíza eleitoral Thania Mara Luz concordou e deferiu o registro.

Com informações do jornalista Everaldo Silveira – Enfoque Popular e Post TV

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.