OS de Morro da Fumaça de olho nas eleições

Unidade da região irá seguir as diretrizes nacionais, adaptadas para a realidade local

- PUBLICIDADE -

Morro da Fumaça

O ano de 2020 na política será marcado pelas eleições municipais. E o assunto terá destaque especial para o Observatório Social (OS) de Morro da Fumaça.

- PUBLICIDADE -

A unidade irá seguir as diretrizes do observatório nacional.

“Nosso planejamento para o ano está voltado para as eleições municipais. Nós aderimos juntamente ao Observatório Social do Brasil no projeto eleições. Desta forma iremos atuar de forma padronizada e orientada pelo OSB. Claro que iremos adaptar o projeto para nossa realidade local”, explica o presidente em Morro da Fumaça, Glauber Recco. “Teremos uma série de compromissos que iremos buscar com os candidatos, principalmente no que se refere à transparência publica e integridade”, completa.

Redução do duodécimo

Outra ação planejada pelo Observatório Social fumancense é o lançamento de uma campanha para adequar o duodécimo que o Executivo repassa ao Legislativo. Para isso, será protocolado um projeto de lei de iniciativa popular.

“Hoje existe uma sobra, e essa sobra se dá em função de uma melhoria que ocorreu nos últimos anos na gestão dos recursos da Câmara de Vereadores. Com isso, existe sim a necessidade de corrigir o valor do repasse mensal e adequar a nova realidade de gastos. Desta forma, esperamos diminuir em aproximadamente R$ 1 milhão em uma ano o repasse. Isso se dará através de projeto de lei de iniciativa popular e iremos buscar as assinaturas necessárias para colocar o projeto na pauta da Câmara”, explica Recco.

Também está nos planos a reativação do Observatório Mirim. Implantado em 2017, o projeto tem por objetivo sensibilizar as crianças e adolescentes de suas responsabilidades sociais. “Em conjunto com a Unesc foi desenvolvido um aplicativo para monitoramento da merenda escolar, e iremos utilizar este App para iniciar o projeto nas escolas do município”, adianta o presidente do OS.

Mas Recco garante, que o trabalho de fiscalização continuará sendo realizado. N”o decorrer do ano, iremos continuar monitorando e acompanhando as obras, as licitações e demais gastos da Prefeitura e Legislativo”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.