Grupo será criado para buscar solução para a termoelétrica Jorge Lacerda

Desativação do Complexo foi anunciada pela empresa Engie na última sexta-feira, dia 5

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Capivari de Baixo

O coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado federal Daniel Freitas esteve reunido com o Ministro de Minas e Energia, Bento de Albuquerque, para tratar do comunicado emitido pela empresa Engie, na última sexta-feira (5), onde anunciou o início do processo de desativação do Complexo Termoelétrico Jorge Lacerda, localizado no município de Capivari de Baixo.

- PUBLICIDADE -

Segundo o comunicado, a empresa não possui mais interesse em trabalhar com geração de energia com o uso de carvão, o que chamou de processo para “descarbonizar o portifólio”.

A notícia preocupou o Deputado, que também é presidente da Frente Parlamentar Mista em Apoio ao Carvão Mineral. “Será um grande prejuízo para toda a região Sul e para Santa Catarina. O Complexo Jorge Lacerda movimenta uma grande cadeia produtiva, e é a principal carga transportada por nossas ferrovias, representando cerca de 21 mil postos de trabalho”, enfatizou Daniel Freitas.

O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, propôs a criação de um grupo de trabalho, junto com a bancada catarinense liderada por Daniel Freitas, para buscar soluções. “Não podemos mais conviver com este problema, vamos trabalhar para resolver esta situação de forma permanente, que atenda os interesses e não gere tamanho prejuízo para Santa Catarina e, principalmente, para a região Sul do Estado”, ressaltou o Ministro.

Daniel Freitas explicou que o “gabinete de crise” vai se debruçar sobre a pauta em busca de ações que solucionem rapidamente a situação. “Não podemos deixar que isso aconteça de forma inerte. Estamos falando de R$ 6 bilhões de reais ao ano, ou seja, 30% da economia do Sul do Estado. Após isso, levaremos nossas conclusões para o conhecimento do presidente Jair Bolsonaro”, afirmou o parlamentar.

O senador Jorginho Mello, o deputado federal Lucas Redeker, os deputados estaduais Felipe Estevão e Volnei Weber, além do presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan, também participaram da reunião.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.