Criciúma: Câmara começa testes de temperatura em servidores e vereadores

Essa medida de proteção é apenas uma das que o Legislativo estabeleceu para evitar a propagação do coronavírus

Foto: Divulgação/ Comunicação Câmara

- PUBLICIDADE -

Criciúma

A Câmara Municipal de Criciúma passa a medir, a partir desta segunda-feira, dia 11, a temperatura corporal de cada pessoa que precisar entrar na sede do Poder Legislativo. Essa medida de proteção é apenas uma das que o Legislativo estabeleceu para evitar a propagação do coronavírus. Além disso, as sessões ordinárias que retornam ao modo presencial também seguirão as recomendações de distanciamento social.

- PUBLICIDADE -

“Os funcionários continuam em sistema de rodízio. Além disso, estamos atendendo todos os protocolos da Organização Mundial da Saúde. Durante as sessões, as mesas ficarão demarcadas com faixa amarela, respeitando o distanciamento de cada vereador, assim como a disponibilização de álcool em gel para vereadores e servidores da Casa. O uso de máscaras também é obrigatório dentro das dependências do Poder Legislativo”, ressaltou o presidente da Câmara Municipal de Criciúma, Tita Belloli.

Ao longo das sessões e quando necessário, os microfones do plenário serão higienizados, para que cada vereador possa utilizar o equipamento com segurança. As sessões ordinárias presencias são realizadas às segundas e terças-feiras, às 17 horas, sendo que os vereadores que são do chamado grupo de risco seguem acompanhando de forma remota. As galerias do plenário vão permanecer fechadas aos visitantes.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.