Câmara de Criciúma devolverá R$ 8,1 milhões do duodécimo

Valor será o maior já repassado pelo Legislativo

- PUBLICIDADE -

Criciúma

A manhã desta sexta-feira promete ser histórica para a Câmara de Vereadores de Criciúma. Com a previsão de recorde, o Legislativo irá fazer a devolução das sobras do duodécimo, valor repassado pelo Executivo para a realização dos trabalhos. O ato está marcado para as 10h30min, na Prefeitura.

- PUBLICIDADE -

A devolução, que corresponde aos valores de 2019, será de R$ 8,1 milhões. Valor bastante superior aos R$ 5,4 milhões de 2018. “Um marco histórico para cidade, a maior devolução até hoje do município, em apenas um ano”, afirma o presidente da Câmara de Vereadores de Criciúma, Miri Dagostim (PP).

Segundo o presidente da Câmara, foram realizadas diversas ações para economizar. “Contamos com o apoio de todos os vereadores. Um trabalho iniciado em 2017. Demos sequência a isso tudo e cortamos alguns gastos, como no plano de saúde dos servidores, onde fizemos uma economia. Trocamos a Agemed pelo plano do Hospital São José. Pela primeira vez na história, esses recursos ficaram na cidade. Com o apoio de todos os vereadores, assessores. A Casa legislativa nos deu todo o apoio”, explica.

A expectativa da Câmara é que esses valores sejam investidos pela Prefeitura na área da Educação. “É um momento que o município precisa investir bastante na Educação. O ano letivo vai iniciar. Várias reformas de escolas. Por isso vai ser um ato muito importante para nós”, completa Dagostim.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.