Câmara aprova reajuste a servidores de Urussanga

Reunião entre os vereadores terminou com o sim para o aumento

- PUBLICIDADE -

Thiago Oliveira
Urussanga

Uma reunião extraordinária realizada na manhã de ontem pelos vereadores de Urussanga definiu o reajuste nos salários dos servidores públicos do município. O encontro, convocado pelo presidente do Legislativo, José Carlos José, o Zé Bis (PP) serviu para que os parlamentares pudessem deliberar o projeto.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o presidente da Casa, a reunião era necessária, já que as atividades do Legislativo seguem suspensas por decreto, e o prazo era curto. “A reunião já estava decidia em dissidio coletivo e tinha que ser aprovado na Câmara. Não podia passar de hoje (segunda-feira), para que pudesse valer já em abril”, explica José.

O projeto aprovado garante aos servidores um ganho real de 1% em abril. Em maio serão mais 4,48%, referentes ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2019.

Já os profissionais ativos e inativos do magistério público municipal terão um aumento de 12,84%, conforme regulamentação do Ministério da Educação. Os reajustes não serão retroativos para nenhuma categoria e com a aprovação, o projeto segue para sansão do prefeito Gustavo Cancellier (PP).

Tempos de pandemia

O momento em que o reajuste foi aprovado geriu discussões nas redes sociais, já que a pandemia do coronavírus ampliou a crise econômica. O assunto, porém, não foi discutido na reunião dos vereadores. “Já fui tudo acordado. Todos os anos é dado o aumento para os servidores, que pela inflação. Não tinha como não votar. Se fosse dado um aumento fora da inflação, aí não tinha como. Mas respeitamos que todos têm direito ao aumento pela inflação todo ano. Inclusive os funcionários públicos. Não porque é ano de eleição. Mas foi feito tudo dentro da inflação, tudo certinho”, completa o presidente do Legislativo urussanguense.

A reportagem tentou contato com o prefeito Gustavo Cancellier, porém, mais uma vez, ele não atendeu aos contatos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.