Araranguá: César Cesa anuncia secretariado

César fará uma gestão inicial mais enxuta, mas garantiu que terá secretários e diretores em todas as pastas. Muitas indicações serão feitas a partir de março.

Foto: Everaldo Silveira/Post TV

- PUBLICIDADE -

Prefeito e vice eleitos, César Cesa (MDB) e Tano Costa (PSD), reuniram a imprensa regional na sede da Aciva, em Araranguá, para oficializar o anúncio do novo colegiado que irá assumir a Prefeitura Municipal a partir de 1º de Janeiro de 2.021.

Ambos falaram dos desafios que irão enfrentar, mas César garantiu que o município fará gestão. Irá cobrar dos servidores públicos o cumprimento de horário e cobrará a execução do trabalhado atribuído à cada função.

- PUBLICIDADE -

Disse ainda que está preparado para enfrentar débitos superiores a R$ 100 milhões (precatórios, financiamentos…), em virtude de uma arrecadação de R$ 14 milhões mensais. E lembrou ainda que a dívida ativa do município está na casa dos R$ 80 milhões e que o novo governo irá tomar todas as medidas legais para cobrar dos devedores e colocar este recurso em caixa.

Disse que irá trabalhar para buscar recursos junto aos governos federal e estadual, com ajuda dos deputados. Já conta com R$ 1 milhão em emendas do deputado Carlos Chiodini (MDB) para obras no Calçadão; sinalização do senador Dário Berger (MDB); deputado federal Daniel Freitas (PSL); entre outros.

César fará uma gestão inicial mais enxuta, mas garantiu que terá secretários e diretores em todas as pastas. Muitas indicações serão feitas a partir de março. Há sondagem junto a uma engenheira agrônoma, especialista em piscicultura, para assumir o cargo de secretária de Agricultura.

Os departamentos de turismo, de esportes e cultura, ligados à Secretaria de Educação, também não foram anunciados. Assim como a Secretaria de Governo, que não será ocupada, e o advogado Giancarlo Soares de Souza, assume como Procurador do Samae.

A novidade da coletiva foi o anúncio da professora Cláudia Lima Pastorini Andrade para ocupar a Secretaria de Assistência Social e Habitação.

O presidente do Conselho Político, que será formado em março, é o empresário Alcindo Crepaldi, o Negão da Madeireira, que não entra na folha de pagamentos da Prefeitura, é um cargo voluntário. A indicação de outros dois servidores de carreira, Henrique na Saúde e Afrânio nas Obras, também representa economia para os cofres.

Conselho Político – Não governamental: Alcindo Crepaldi – Negão da Madeireira

Secretaria de Administração e Chefia de Gabinete: Rony da Silva

Secretaria de Finanças: João Inácio Barbosa

Secretaria de Obras, Viação e Serviços Urbanos: Afrânio Ronconi

Secretaria de Planejamento Indústria e Comércio: Emerson Almeida

Secretaria de Saúde: Henrique Peter Michael Besser

Secretaria de Assistência Social e Habitação: Cláudia Lima Pastorini Andrade

Secretaria de Educação: Mariluce Rodrigues da Silva Bilck

Procuradoria Geral: Daniel Menezes de Carvalho Rodrigues

Superintendência da Fama: Maureci Rodrigues

Diretoria Geral do Samae: Jairo Costa

Procuradoria do Samae: Giancarlo Soares de Souza

Diretoria de Licitações: Márcio Michel Jumes de Souza

Com informações do jornalista Everaldo Silveira, do Post TV.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.