Deus lhe responderá na hora certa

Leia a coluna completa no Jornal Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Infelizmente o discurso religioso em nossa vida pode nos colocar visões ingênuas de que Deus vai fazer tudo por nós, que Deus faz isso, que Deus faz aquilo. Está certo que nós temos o direito de acreditar na proteção divina. Mas, nós não estamos desobrigados de fazermos a nossa parte. É uma questão de sabedoria, de maturidade.

O amor que a gente sabe que Deus tem por nós, não pode nos fazer pensar que Ele nos fará tudo.Eu gosto muito desta expressão: “nós só temos o direito de pensar no impossível, depois que fizermos tudo o que era possível”. Então, Deus nos protege? Sim. Mas Ele também pede que eu faça a minha parte nesta proteção. Eu rezo a Deus pela minha vida, peço a Ele que me dê saúde, mas eu preciso fazer a minha parte para que esta saúde seja uma realidade na minha vida.

- PUBLICIDADE -

O cuidado que eu tenho comigo, é expressão do milagre que eu preciso realizar diariamente. A mão de Deus está presente em minha história, só que não me segurando como eu acho que ela me segura. Alguns desamparos são importantes para o nosso crescimento. A desproteção que nós sentimos na vida, também é a mão de Deus agindo em nossa vida, porque quem ama também desprotege, para que você fique exposto aquilo que você precisa viver e experimentar sozinho.

Quanto mais a gente cresce, quanto mais a gente amadurece em nossa capacidade de compreensão de Deus, maior é a capacidade de compreender e ouvir a voz dEle em nossa história.

Não posso me dar o direito de achar que Deus fará tudo por nós, que trabalhará por nós, que estudará por nós. Ele estará sempre nos fortalecendo a frente destas batalhas que precisamos enfrentar, mas nós estaremos na responsabilidade de enfrentar a parte que nos cabe.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.