Hackers atacam Judiciário de SC

A coluna completa você confere no Jornal Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Ataques criminosos sobre endereços eletrônicos de integrantes do Poder Judiciário catarinense foram executados por “hackers”. O crime cibernético está sendo investigado pelo Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Tribunal de Justiça. O fato é inédito e considerado gravíssimo.
Agrava-se a avaliação do crime diante do ocorrido há uma semana em Brasília, quando foi invadido por hackers o Superior Tribunal de Justiça. Ali, incluindo endereços eletrônicos e também os processos, segundo informaram as autoridades.
Em mensagem comunicando o fato, o Núcleo revelou: “Nesta data, chegou ao conhecimento deste Núcleo nova prática de cybercrime perpetrado em desfavor de integrantes do Poder Judiciário catarinense. No modus operandi, desta vez, os agentes remetem uma mensagem de e-mail em que o endereço eletrônico do remetente é o mesmo do destinatário, e no corpo do texto, utilizando-se de tal fato, alegam ter acesso total ao computador ou dispositivo do destinatário, bem como a seus contatos e, ainda, a imagens e áudios que, supostamente, teriam sido adquiridos mediante acionamento, pelo invasor, da câmera e microfone do destinatário, ora vítima. Com isso, os agentes delitivos iniciam chantagem, exigindo que as vítimas realizem um depósito em um endereço bitcoin para que não tenham essas imagens difundidas, nem mesmo suas contas de e-mail ou aplicativo de mensagens invadidas. Finalizam estabelecendo prazo para a efetivação do depósito e informam que, mediante apresentação de comprovante, não haverá mais qualquer intervenção do autor e as supostas imagens serão apagadas.”
O Núcleo de Inteligência adverte para medidas preventivas e informa que a Diretoria de Tecnologia da Informação trata das medidas para identificação dos criminosos.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.