Eleições: 20 mil candidatos em SC

Leia a coluna completa no Jornal Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

A Justiça Eleitoral de Santa Catarina reedita, mais uma vez, projeto inovador na realização de eleições. Mesmo diante de uma conjuntura inédita, provocada pela pandemia da Covid-19, o TRE-SC já tem montadas todas as medidas para a realização do pleito. Uma das principais preocupações: a saúde dos mesários que conduzirão o processo em todas as 16 mil urnas espalhadas pelo Estado, e igualmente dos eleitores. Terão EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), doados ao TSE por 30 empresas e já no Estado.

Com o encerramento do prazo para registro de candidaturas no fim de semana foram contabilizados 20 mil candidatos, embora as atas mencionem cerca de 25 mil.

- PUBLICIDADE -

As principais inovações introduzidas no Estado este ano foram apresentadas no Seminário “Voto com Informação”, o tema central da cobertura dos veículos do Grupo ND, pelo presidente do TRE-SC, desembargador Jaime Ramos, pelo vice-presidente, desembargador Fernando Carioni, e os diretores das principais áreas.

O evento contou com a presença de repórteres, editores, colunistas e diretores do Grupo ND em todas as unidades do Estado, a maioria por videoconferência. Algumas das diretrizes anunciadas no Seminário:

  1. Eleitor que não usar máscara e não fizer a higienização não poderá votar.
  2. A Justiça Eleitoral combaterá de forma enérgica as fake news.
  3. As punições aplicadas pelos juízes eleitorais serão comunicadas ao TRE-SC para ampla divulgação sobre os autores dos ilícitos.
  4. O TRE-SC criou um aplicativo para denúncias de irregularidades.
  5. Os eleitores não precisarão do comprovante de votação.
  6. Santa Catarina tem mais de 1.000 eleitores com mais de 100 anos.
  7. Os candidatos poderão usar a internet para “lives”. Mas os showmícios digitais estão proibidos.
  8. Presença de candidatos em inaugurações de obras e atos oficiais constitui crime eleitoral.
  9. Os eleitores votarão primeiro no vereador e depois no prefeito.
  10. O TRE-SC prevê fim da apuração para 22 horas.

Os dirigentes do Tribunal enfatizaram o valor do voto consciente para o exercício da cidadania. Afinal, é o município que todos vivem.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.