Carta pede bom senso às autoridades

A coluna completa você confere na edição do Tribuna de Notícias


- PUBLICIDADE -

Uma “Carta Aberta à Sociedade Catarinense”, assinada por 20 entidades ligadas ao turismo estadual, foi divulgada ontem, em apoio às decisões do governo estadual de flexibilização das regras de atuação do setor hoteleiro e da área de eventos. O documento pede bom senso às autoridades, eis que medidas de proteção da população foram adotadas por hotéis, pousadas e empresas envolvidas no turismo catarinense.

Destaca que até agora não há uma única notícia de embargo ou punição a hotel ou pousada por desrespeito às normas de proteção sanitária em Santa Catarina. Outros trechos são mais explícitos: “Qualquer pessoa que procurar hospedagem na rede hoteleira de Santa Catarina, de imediato receberá uma relação de protocolos a serem seguidos, que vão desde fechamento de algumas áreas comuns, passando pela redução de serviços de governança, uso obrigatório de máscaras até distanciamento em ambientes como restaurantes. Da mesma forma, o segmento de eventos também se adaptou às restrições. Eventos desta natureza exigem planejamento prévio e qualquer possibilidade de aglomeração pode impedir sua realização. Diante disso, o setor organizou-se e até criou alternativas viáveis e modelos híbridos. Esse tipo de evento é extremamente organizado, com rígidos protocolos de higienização e distanciamento social”.

- PUBLICIDADE -

Enfatiza adiante: “O que foi requerido judicialmente pelo Ministério Público pode ocasionar perdas irreparáveis ao Estado – sendo a primeira delas relacionada à insegurança jurídica, visto que nas próximas 24 horas reservas deverão ser canceladas, pagamentos antecipados terão que ser devolvidos e hóspedes serão obrigados a interromper suas merecidas férias para cumprimento de uma decisão que não leva em consideração o real esforço do setor para manter a saúde e integridade física das pessoas”.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.