Mudar é preciso

Leia a coluna completa no Jornal Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

O Criciúma não pode mais se dar ao luxo de ser tão incopetente quando atua fora de casa na Série C. Uma equipe com o aproveitamento igual ao do Tigre, atuando longe do Majestoso, dificilmente irá alcançar o acesso. É fácil entender que com as peças que estão hoje no clube não há a mínima chance de ficar entre os quatro que sobem. Na medida que vários reforços estão chegando, existe uma possibilidade de o rumo do campeonato mudar. Porém o técnico Itamar Schulle terá a dificil missão de dar o entrosamento ao time em pouco tempo. As novidades já estão por aqui. Tem contratação para a zaga, proteção de zaga e armação, além de negociações com novos atacantes. Quem chegar terá o peso de ter que resolver. Será um trabalho tático, mas também psicológico.

Schulle repete erros antigos 

- PUBLICIDADE -

Itamar Schulle cometeu o grande erro de escalar o Criciúma preocupado com o adversário. Montou um time com Adenilson e insistiu no esquema com três atacantes. Jogar contra o Boa Esporte-MG, o lanterna da Série C, não deveria exigir tanto respeito assim do comandante. Agora, daqui pra frente, será natural vermos um time com novidades na escalação. E vale lembrar que o melhor desempenho do time no campeonato aconteceu com um meio-campo mais povoado.

Carlos César na direita? 

A possível chegada de Felipe Menezes no Tigre abre espaço também para uma outra disputa na lateral-direita. Caso o clube não acerte com o lateral Ivan, do Caxias, Carlos César vira opção também para a ala, em virtude da queda de produção de Victor Guilherme. Itamar Schulle vai ganhando alternativas importantes.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.