Atrás do “milagre técnico”

Leia a coluna completa no Jornal Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

O Criciúma está numa situação praticamente irreversível no Campeonato Brasileiro da Série C. Matematicamente ainda há chance de classificação à próxima fase, mas a questão que pesa não é nem a pontuação, mas sim o desempenho do time dentro de campo. A equipe de Itamar Schulle depende de uma verdadeiro “milagre técnico” para avançar de fase. O “encaixe” está longe de aparecer, afinal com tantas peças novas no elenco e com a pressão que existe em cima da comissão técnica, não há mais espaço para erros. Porém é quase impossível imaginar o Tigre vencendo quatro dos cinco jogos que faltam para se classificar entre os quatro primeiros colocados da chave B. Até agora, com Itamar Schulle, o time só piorou em campo. É claro que o volante Marino e o meia Felipe Menezes são jogadores de qualidade, mas sem entrosamento e sozinhos não poderão fazer muita coisa. Vai sendo mais um ano difícil para o torcedor carvoeiro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.