(Vídeo) Criciumense completa 100 anos com direito a carreata da família

Antonio Zanette, morador do Morro Estevão, comemora o centésimo aniversário hoje

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Aos 100 anos, o senhor Antonio Zanette tem muito que comemorar. Nesta quarta-feira, dia 2, completa o centésimo aniversário e esbanja saúde e lucidez. Pai de oito filhos, dois homens e seis mulheres, mora na Segunda Linha, localizada no Morro Estevão, em Criciúma, desde muito pequeno. Os amigos e familiares organizaram uma carreata com balões azuis e brancos para homenagearo o idoso.

- PUBLICIDADE -

A filha, Ana Terezinha Zanette Barp, conta que o pai é muito lúcido e tem uma visão ampla, sempre olhando para novas direções. “Desde que nasceu sempre morou no mesmo lugar. Ama receber visitas, contar histórias do passado, mas sempre com visão para o futuro. Além disso, gosta de ver o barulho das crianças brincando. Quando nós éramos pequenas, ele saia de madrugada, ia pra Criciúma entregar bananas e chegava em casa ao meio dia, sempre com um pacote de balas pra nós”, conta.

Seu Antonio seguiu os passos da família e sempre trabalhou com bananal e como fabricante de cachaças, atividade que mantém até os dias atuais. “Eu agradeço primeiramente a Deus, porque para chegar até aqui, tem que segurar no braço de Deus e ter fé. Senão, é muita coisa pesada, tem que ter sempre o pensamento positivo muito forte, senão a pessoa se perde, e aí se foi”, conta. Para manter a saúde em dia e viver com felicidade, seu Antonio mantém a tradição de tomar todos os dias um “golinho” de cachaça com café. “É uma coisa que ele sempre fez”, complementa Ana.

Infectado pela Covid-19

Chegar aos 100 anos de idade não é para qualquer um, ainda mais, quando se trata de um ano atípico, em meio à pandemia. Contrariando as estatísticas, seu Antonio foi infectado pelo coronavírus (Covid-19) e não teve grandes sequelas. “Na noite do dia 12 de novembro ele teve febre, no dia 17, o médico veio até aqui (casa), fez o teste e deu positivo”, conta a filha. Apesar do susto em ter contraído a doença, o idoso não preciso nem ser internado, se recuperou em casa.

 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.