Verão inicia hoje e deve ser atípico na região Sul do Brasil

Fenômeno climático La Niña, vai ajudar a entrada de ar frio na região

Foto: Marcelo Camargo - Agência Brasil
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Guilherme Cordeiro

- PUBLICIDADE -

O período em que teremos maior incidência de raios solares na terra durante um dia, e consequentemente um dia mais longo, neste ano, se dará hoje, 21 de dezembro. O Solstício de Verão marca o início da estação com as temperaturas mais altas do ano, principalmente nas regiões que as possuem bem definidas, como é o caso de Santa Catarina. O verão como estação climática, se inicia às 07h02 (horário de Brasília), e de certa forma será atípico para os que estão acostumados com calor incessante durante dias que tem por característica do verão.

Segundo o climatologista, Ronaldo Coutinho, a região já vive o clima de verão deste meados de novembro e o dia de hoje marca a incidência solar combinada com a inclinação da terra, fazendo com que o sol brilhe por mais tempo, por um período que começa hoje e pode ainda ser percebido durante a semana, sendo diminuído gradativamente.  Segundo Coutinho, algumas regiões não sofrem efeito direto na mudança de estação de hoje, além do padrão de chuva, como é o caso da região Norte do país. Já outras regiões como o Sul, podem perceber as mudanças mais marcadas de acordo com a estação.

De acordo com o climatologista, os próximos dias não serão de grandes mudanças, já que os dias ainda vão ser em sua maioria, com calor e uma sensação térmica acentuada, dias mais “abafados”, juntamente com noites mais agradáveis, o que é atípico para o mês de dezembro e o verão. Segundo Coutinho, isso se dá pelo fato de estarmos sob o efeito de um fenômeno climático chamado La Niña, que facilita a entrada de ar frio para toda a região. “Vamos ter calor mas os picos de calor serão mais curtos, alguns dias serão mais agradáveis e a temperatura pode cair para aproximadamente 14 graus em alguns dias que serão considerados atípicos para o período e para a região, já aconteceu antes mas isso é realmente bem raro”, detalha Coutinho.

Ronaldo ainda lembra que dezembro já vem sendo diferente. “O mês de dezembro está de certa forma agradável, somente oito dias tiveram temperaturas acima de 30 graus, temperatura que seria normal para o período do ano. Já tivemos alguns períodos na mesma época do ano em que os termômetros marcaram 43 graus em época de natal.”  Ainda segundo Coutinho, nos próximos 7 dias poderemos ter madrugadas com temperatura abaixo dos 18 graus. Para quem vai para a praia, os melhores meses, com maior calor e sem chuva, serão os meses de fevereiro e março.

 

Criciúma registra estragos com fortes ventos do último sábado

É chegada a época de calor intenso, e com o verão que começa a marcar mais o clima na região, chegam também as trovoadas de verão. Segundo a explicação que o climatologista Ronaldo Coutinho apresenta é que a trovoada é formada por uma área de instabilidade, potencializada pelo calor, formando pontos de instabilidade em regiões específicas e em um curto período de tempo. Esse foi o caso que aconteceu na região de Criciúma, no final da tarde do último Sábado, dia 19. As rajadas de vento também puderam ser percebidas em Araranguá, Balneário Arroio do Silva e Maracajá.

A formação das nuvens ocorreu de forma rápida e pegou de surpresa principalmente a região central de Criciúma, onde parte do Paço Municipal e do teatro Elias Angeloni foram atingidos e algumas telhas levadas pela força dos ventos mas não há registro de feridos. Árvores da região central chegaram a cair e deixaram alguns moradores sem energia por algumas horas. Segundo a Defesa Civil de Criciúma, os ventos chegaram até 90km/h em algumas regiões. A Defesa Civil informa ainda que o acompanhamento das previsões por SMS ajuda o cidadão a se proteger quando algum sistema como este for identificado. A instruçãoda Defesa Civil ainda, é ficar atento a sinais de inclinação de postes, árvores e movimento de terras próximos a residências.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.