Um réveillon diferente

Balneários da região não terão queima de fogos e nem eventos especiais

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Gustavo Milioli

Balneário Rincão

- PUBLICIDADE -

As comemorações de mais uma passagem de ano serão diferentes por todo o mundo e, na região, não será diferente. Um misto de luto pelas vidas que se foram e de alívio pelo “ano da pandemia” ter chego ao fim caracterizarão a virada. Por parte das Prefeituras, nada de fogos de artifício e nem de programações especiais. Aglomerações em festas privadas também continuam proibidas, para diminuir a disseminação do coronavírus em meio à segunda onda de contágio.

A orientação dos órgãos de saúde é para as pessoas permanecerem em casa, com a família, de preferência em um grupo reduzido de pessoas. “A gente sempre fazia shows em volta do calçadão depois da queima de fogos, mas está tudo cancelado. Ficará para a próxima”, afirma o diretor de eventos do Balneário Rincão, Fernando Casagrande.

O município, que costuma receber até 200 mil visitantes durante a alta temporada de verão, está com carros de som percorrendo as ruas para alertar a população sobre a importância dos protocolos de segurança serem cumpridos, mesmo em momentos de descontração. Por parte da Prefeitura, todos os eventos programados para a estação precisaram ser cancelados. “Contamos com o bom senso de todos, já que é impossível fiscalizar tudo”, clama Casagrande.

Novo Rincão

Quem passeia pelo balneário percebe que, mesmo neste momento de pandemia, vários empreendimentos dos ramos gastronômico e de entretenimento foram inaugurados recentemente. Um deles foi o Garden GastroPub, localizado no centro. O novo ponto oferece música ao vivo, drinks e comida, regado com o bom e velho chopp. “Nosso primeiro ano está sensacional, melhor do que o esperado. Nosso estilo é pub, barzinho. Esperamos todos os dias em média 350 pessoas”, destaca Rodrigo Ribeiro Amorim, o Vampi, proprietário do estabelecimento.

Obrigatoriamente, as mesas precisam manter o distanciamento de ao menos um metro e meio. “Até agora não tivemos problemas com o desrespeito de normas, o pessoal é muito educado”, informa Vampi. Para o dia 31, o pub estará aberto das 14 às 22 horas, que é o horário máximo de funcionamento permitido pela equipe de segurança do Balneário Rincão para a data. Quem se encarregará de levar música e diversão para o último dia do ano será a dupla Brenno e Edu e a cantora Nanda Virtuozo.

Além das novidades, por outro lado, casas noturnas tradicionais também estarão de portas abertas durante a temporada. A histórica New York, antiga danceteria famosa da beira-mar, agora se chama Beer Beach Rincão. “É uma choperia, em parceria com a Saint Bier. Assumimos a casa faz um mês, reformamos tudo. Para o dia 31 teremos música ao vivo, mas nenhuma programação específica, por causa da pandemia”, explica o dono do lugar, Márcio André Eyng. A Beer Beach conta com cinco variedades de chopp diferentes e uma gama de espumantes.

“Quando o Covid deixar, pretendemos fazer um remember da New York, trazendo bandas antigas que tocavam ali. Mas nesse momento não conseguimos. Uma hora abre, outra hora fecha. Por isso vamos trabalhando com cautela”, expõe Eyng.

Não à toa, o município desde o ano passado vem sendo chamado de “Novo Rincão”. Os membros do governo municipal encaram isso como um reflexo do que está sendo feito, das obras e das melhorias introduzidas na cidade. “Foi uma semente plantada lá atrás, pelo prefeito Jairo. A construção do calçadão, o avanço na infraestrutura, na segurança, uma melhor limpeza da cidade… Tudo isso ajudou a atrair mais empreendedores para cá”, destaca Fernando Casagrande. “A parte gastronômica mesmo teve um salto muito grande. Muitos barzinhos abriram, lancherias, agora inauguramos também um Food Park na Zona Sul. O Rincão cresceu e ficou atrativo”, conclui o diretor de eventos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.