Serviço Aeromédico: edital de licitação será lançado

Expectativa é que ele esteja em funcionamento ainda no início de dezembro

Lucas Colombo / Arquivo TN Sul
- PUBLICIDADE -

Érik Borges

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Será publicado no dia 30 de outubro, o edital de licitação para a operacionalização do Serviço Aeromédico (Sarasul) na região. As empresas interessadas se candidatarão nesse dia na modalidade de pregão. No mesmo dia ocorrerá a abertura dos envelopes dos interessados para posterior análise e decisão da melhor proposta de operacionalização a empresa vencedora irá disponibilizar profissionais para a execução do serviço, além dos materiais médico-hospitalares e medicamentos.

“Ainda no começo de dezembro o serviço já estará em funcionamento. Essa é a expectativa, caso não ocorra nenhuma intercorrência”, afirma o diretor-executivo da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), Giovanni Dagostin.

O Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (CIM-Amrec) é quem irá dispor dos recursos para repassar à empresa que fará o serviço. O custo máximo previsto em edital é de R$ 109 mil por mês, que conta com a contribuição dos 12 municípios da região. “Porém, caso haja mais de uma empresa interessada em se candidatar, a tendência é que esse custo seja menor”, diz Dagostin.

O Sarasul funcionará das 7h às 19h, durante todos os dias da semana. A Polícia Civil irá disponibilizar a tripulação e a aeronave para o serviço.

“É um serviço que vai salvar vidas de forma mais rápida e eficiente. Isso irá beneficiar não só a Amrec, mas o Extremo Sul (Amesc) e Região de Laguna (Amurel). Esse serviço vem sendo reivindicado por vários segmentos da sociedade. É um sonho que será realizado para a região”, ressalta Dagostin. Antes do início da operacionalização, os todos os profissionais irão passar por uma capacitação ao Sarasul.

O serviço atuará desde Passo de Torres até Imbituba, correspondendo a 50 municípios. A comissão que discutiu esse tema durante meses foi formada por membros da Unesc, Câmara de Vereadores de Criciúma, Corpo de Bombeiros, Saer, Amrec, Amesc, Amurel, Acic, Samu e Prefeitura de Criciúma.

O Saer é um serviço da Polícia Civil que chegou ao Sul catarinense em novembro de 2016 e atua em questões plenas de segurança e situações emergenciais de saúde.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.