SC: Governo aumenta 40% da capacidade hospitalar em seis semanas

Unidades de todas as regiões, em 22 municípios, já tiveram a capacidade de internações ampliada. Até segunda-feira, dia 4, à tarde, 16,7% destas vagas estavam preenchidas

Foto: Mauricio Vieira/ Secom

- PUBLICIDADE -

Florianópolis

O Governo do Estado de Santa Catarina já criou 381 novos leitos de UTI em hospitais públicos e filantrópicos desde o início da pandemia do novo coronavírus – o que representa 40% a mais da capacidade hospitalar pré-existente no Estado. Unidades de todas as regiões, em 22 municípios, já tiveram a capacidade de internações ampliada. Até segunda-feira à tarde, 16,7% destas vagas estavam preenchidas.

- PUBLICIDADE -

As vagas estão em Florianópolis, São José, Criciúma, Araranguá, Tubarão, Blumenau, Timbó, Itajaí, Balneário Camboriú, Criciúma, Joinville, Jaraguá do Sul, Mafra, Porto União, Lages, Joaçaba, Concórdia, Caçador, Curitibanos, Chapecó, Xanxerê e São Miguel Oeste. A taxa de ocupação dos leitos por região pode ser consultada diariamente no site coronavirus.sc.gov.br através do Menu Transparência > Painel > Leitos.

Essa ampliação teve início um dia depois do primeiro caso suspeito do novo coronavírus ser diagnosticado em Santa Catarina, no dia 13 de março. “Nós começamos a agir para ampliar o atendimento desde o primeiro momento em que o vírus foi detectado no Estado. Continuamos aumentando a capacidade de leitos”, destaca o governador Carlos Moisés.

O novo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, ressalta que o objetivo é dobrar a capacidade do Estado para atender aos pacientes com Covid-19 até o final de maio – trabalho que o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) vem fazendo diariamente e do qual ele é um dos coordenadores. “Nós bloqueamos um décimo da capacidade dos leitos de UTI em Santa Catarina um dia depois da criação do COES. O resultado vai aparecendo com o trabalho que fazemos no dia a dia com toda a nossa equipe. Já passamos de 350 leitos no Estado. Estamos concentrando uma capacidade hospitalar que é um investimento de anos em cerca de meses”, destaca.

De acordo com levantamento realizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta terça-feira, 5, o Estado conta com pelo menos 1.150 leitos de UTI, entre neonatais, adultos e pediátricos, em 48 hospitais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.