SC: Ações online marcam a Semana Nacional do Trânsito no Estado

Tema da campanha é “Perceba o risco. Proteja a vida”

Foto: Lucas Colombo/ Arquivo TN
- PUBLICIDADE -

De janeiro até o dia 15 de setembro deste ano, Santa Catarina registrou 2.316 acidentes de trânsito – 857 a menos do que no mesmo período de 2019, quando houve 3.173 ocorrências, conforme dados da Polícia Militar Rodoviária (PMRv). Mesmo com a redução significativa, para incentivar um trânsito mais seguro, vai até sexta-feira, 25, uma série de atividades de conscientização, em alusão à Semana Nacional de Trânsito, que tem como tema “Perceba o risco. Proteja a vida”.

Por conta da pandemia da Covid-19, a campanha ganhou novos rumos. A Polícia Militar e o Detran/SC, por meio de suas redes sociais e site oficial, estão com dicas de segurança e cuidados. As ações foram programadas para serem trabalhadas de forma digital, sem aglomerações e tomando todos os cuidados necessários no momento.

- PUBLICIDADE -

“A educação no trânsito é fundamental. A Semana Nacional vem para reforçar essa necessidade buscando alcançar todos os envolvidos, pedestres, motoristas, ciclistas, motociclistas. A ideia é chamar a atenção sobre os cuidados e os perigos no trânsito”, destacou o comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet.

Já a Polícia Militar Rodoviária está com o programa de fiscalização com drones para diminuir os acidentes causados por excesso de velocidade, desobediência à sinalização e ultrapassagem forçada. As operações com o equipamento são realizadas em pontos de maior incidência de ocorrências. Nas barreiras de Lei Seca, os drones ajudarão flagrar possíveis fugas ou tentativas de desvio.

A fiscalização ocorre atualmente nas rodovias das regiões da Serra, Oeste e Meio-Oeste do estado. Os drones utilizados foram doados pela Receita Federal, após serem apreendidos em operações.

O comandante da PMRv, coronel José Evaldo Hoffmann Junior, disse que o drone é uma nova ferramenta de fiscalização de trânsito. “O equipamento fica no alto monitorando os locais, mais para frente uma patrulha da PMRv tem feito a abordagem e mostrado para o condutor a irregularidade que cometeu. Isso faz com o cunho não seja só punitivo, mas sim pedagógico, para que ele tome consciência de que aquela manobra pode causar um grave acidente. O que pedimos ao motorista é que ele perceba o risco para proteger a vida.”

A PMRv alerta para algumas infrações cometidas pelos condutores:

  • O condutor que alerta os outros condutores sobre a existência de barreira policial ou operação policial com luz alta e baixa intermitente. Infração média, 4 pontos na carteira e multa no valor de R$ 130,00.
  • O condutor que ultrapassa outro veículo em faixa contínua comete uma infração gravíssima, 7 pontos na carteira e multa no valor de R$ 1.467,35.
  • O condutor que excede a velocidade em mais de 50% da máxima permitida comete a infração gravíssima, 7 pontos na carteira e multa no valor de R$ 880,00, além da suspensão do direito de dirigir.

Acidentes no Brasil

O Brasil registrou uma queda anual de 7% nas mortes por acidentes de trânsito no período entre 2015 e 2019. Os dados são do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), que mostrou uma redução de 43 mil para 30 mil mortes por ano. Estes são alguns dos dados que serão trabalhados durante a Semana Nacional de Trânsito 2020, promovida pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.