Santa Catarina tem apenas uma região em risco gravíssimo

As avaliações são da reorganização de fluxos assistenciais e a ampliação de leitos

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O boletim atualizado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta quarta-feira, dia 16, aponta que Santa Catarina apresenta apenas uma região em risco gravíssimo atualmente. Eram três regiões nesta situação na semana passada.

A região Nordeste manteve-se no risco gravíssimo (vermelho). Já as regiões de Laguna e do Alto Vale do Rio do Peixe saíram de gravíssimo (vermelho) para grave (laranja).

- PUBLICIDADE -

Outras 12 regiões mantiveram-se no grave (laranja): Oeste, Xanxerê, Alto Uruguai Catarinense, Meio-Oeste, Serra, Planalto Norte, Alto Vale do Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis, Carbonífera, e Extremo-Sul.

O Extremo-Oeste manteve-se na situação de risco alto (amarelo). Nenhuma região está em risco moderado (azul). Em geral, a nota melhorou na maioria das regiões e ilustra a tendência de queda das últimas semanas. O critério com pior avaliação foi quanto à investigação, testagem e isolamento de casos, seguido do isolamento social.

As melhores avaliações são da reorganização de fluxos assistenciais e a ampliação de leitos.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.