Sábado é dia de vacinação nas crianças e adolescentes

Duas campanhas ocorrem simultaneamente; Uma delas busca atualizar carteirinhas e a outra prevenir a paralisia infantil

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Duas campanhas de vacinação acontecem simultaneamente em municípios da Região Carbonífera, bem como em todo o país. Em Criciúma, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que possuem salas especializadas abrem as portas no sábado, dia 17, das 8h às 17h. O público-alvo da ação contra a Poliomielite são crianças menores de cinco anos. Já a Multivacinação é destinada aos ao público infantil e adolescentes com menos de 15 anos.

- PUBLICIDADE -

A técnica de enfermagem do setor de imunização da prefeitura de Criciúma, Kelly Barp Zanette, ressalta que a intenção da campanha é colocar em dia as carteirinhas de vacinação. “E pedimos que, de preferência, apenas um adulto acompanhe a criança, para evitar aglomeração”, comenta. A profissional relembra que apesar de a pandemia estar em alta, outras doenças precisam ser evitadas. “Não podemos esquecer dos outros agravos que existem formas de prevenção”, acrescenta.

Ainda conforme Kelly, crianças e adolescentes que não estiverem com a carteira de vacinação em dia, não poderão ser matriculadas ou rematriculadas em escolas privadas e públicas de Criciúma no ano que vem. “Para aquele pai e aquela mãe não deixar para última hora, existe esse momento para deixar tudo atualizado”, conta.

Números preocupantes

A campanha de Multivacinação não trabalha com metas, pois não é possível estimar quantas crianças estão com as carteirinhas desatualizadas. Porém, para a Poliomielite, a expectativa é vacinar mais 10 mil crianças menores de cinco anos, mas após duas semanas, desde o início da campanha, o saldo não é positivo. “Nós não vacinamos ainda mil crianças. É um número bastante preocupante”, comenta Kelly.

Nova vacina para adolescentes

É importante ressaltar que foi implantada em 2020 no calendário das crianças entre 11 e 12 anos, a vacina Meningocócica ACWY (doença meningocócica ACWY). “A gente acredita que muitos pais não têm essa informação ainda, então aproveitamos e fazemos esse chamado, por isso o Ministério da Saúde ampliou faixa etária”, explica a técnica de enfermagem.

A campanha de vacinação teve início no dia 5 e segue até 30 de outubro em todo o país.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.