Projetos catarinenses vencem desafio nacional de inovação contra o Covid

Com foco nos alunos e nos professores, soluções web desenvolvidas buscam auxiliar na localização de cursos online e no planejamento de aulas durante a pandemia provocada pelo novo vírus

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Alunos e docentes do SENAI Santa Catarina se destacaram em duas categorias o Grand Prix de Inovação – combatendo o coronavírus, promovido pelo SENAI Nacional. Na categoria Aluno, o projeto vencedor foi o Home Study, uma plataforma que congrega diversos cursos pagos e gratuitos. Já na categoria Docente, Rosani Marcarini e Wagner Correia ficaram em terceiro lugar com a proposta de um portal que oferece suporte ao professor para a construção de uma aula completa. A competição se iniciou em abril e contou com 450 participantes de todo o país. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira, dia 18.

“Esse reconhecimento reforça o compromisso que a rede SESI SENAI, seus alunos e docentes têm dado aos programas de inovação e empreendedorismo, criando oportunidades para o desenvolvimento de habilidades e competências do profissional do futuro, como resolução de problemas, criatividade e colaboração. Estamos no caminho certo, investindo em capacitação e incentivando nossos alunos a participarem dos desafios”, destaca o diretor de educação e tecnologia da FIESC, Fabrizio Machado Pereira.

- PUBLICIDADE -

Na categoria aluno, os participantes precisavam responder ao desafio ‘Como estudar ou não diminuir o ritmo dos estudos enquanto passamos por uma pandemia?’ Os alunos Edgar Pavesi e Matheus Winter, e o orientador Wagner Correia, do SENAI Brusque, desenvolveram uma plataforma que reúne cursos pagos e gratuitos espalhados pela internet, categorizados por tema, com link para acesso e avaliação da qualidade. A solução visa auxiliar alunos que gastam muito tempo buscando formações adequadas e localizar cursos gratuitos para aqueles que não podem investir em programas pagos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.