Praça será construída ao lado do pórtico de entrada em Forquilhinha

A ordem de serviço foi entregue nesta quarta-feira, 29, pelo prefeito Dimas Kammer.


- PUBLICIDADE -

Um novo atrativo aos moradores, visitantes e turistas será disponibilizado em Forquilhinha. O prefeito Dimas Kammer autorizou a construção de uma Praça ao lado do principal pórtico de entrada do município, na Rodovia Gabriel Arns, no bairro Passos de São Roque. A ordem de serviço foi entregue nesta quarta-feira, 29, para a Construtora Nelgui, responsável pela execução da obra.

Além da praça, o pórtico também vai receber melhorias conforme o projeto desenvolvido pelo arquiteto Daniel Jaeger. “O nosso pórtico já é referência de entrada do município, e agora vai se transformar num ponto turístico e de envolvimento com quem passa por Forquilhinha. Esta obra vai ao encontro de outras que vamos realizar para o embelezamento da cidade”, salienta o prefeito Dimas Kammer.

- PUBLICIDADE -

A estrutura vai contar com calçamento, bancos com lixeiras, iluminação especial, paisagismo, letreiro de identificação da cidade, guarda corpo de segurança e mapa turístico com os principais atrativos do município. “Este será um dos pontos iniciais de visita para quem chega a Forquilhinha. Além do embelezamento, o turismo promove o desenvolvimento econômico, saúde e bem-estar”, declara o diretor de Turismo, Geovane Westrup.

O valor do investimento é de R$ 93.921,07 com o prazo de execução de 60 dias. O pórtico também vai receber bandeiras de Forquilhinha e da Alemanha para enfatizar as tradições germânicas. A ordem de serviço foi acompanhada pelo vice-prefeito Félix Hobold, os vereadores Célio Elias e Juares de Oliveira, além de secretários, servidores e membros da comunidade.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.