- PUBLICIDADE -

Siderópolis/Treviso

Basta o sol aparecer e a temperatura subir um pouco para a movimentação nos rios do sul
catarinense aumentar. Nesta época do ano, há quem prefira deixar de lado a agitação típica das praias para desfrutar a calmaria do campo. Ou, então, aproveitam o período de férias para conhecer os atrativos naturais que a região possui. Cachoeiras como a do Bianchini, em Siderópolis, e a do Rio Manin, em Treviso, por exemplo, são procuradas para momentos de diversão à sombra das árvores.

- PUBLICIDADE -

Situado a sete quilômetros do Centro de Treviso, o balneário Rio Manin é um dos mais procurados da região. Além da piscina natural que propicia o banho de rio, a cachoeira que fica embaixo da ponte completa a paisagem. Para chegar até ela, basta percorrer uma trilha pequena.

É essa combinação, somada à tranquilidade do interior, que leva famílias e grupos de amigos a procurarem o balneário durante a alta temporada. “Está bastante movimentado neste ano, principalmente em fim de semana. O povo gosta daqui. E é muita gente de fora, como Criciúma, Urussanga, Içara. Nem é tanto o pessoal que mora mais perto, como em Treviso ou Siderópolis”, avalia a comerciante Gorete Botini, que cuida do estabelecimento da família localizado próximo ao rio.

Cuidado com o meio ambiente

Foto: Lucas Colombo/TN

Onde também a movimentação é constante no verão é na cachoeira do Bianchini, um dos pontos turísticos de Siderópolis. Apesar de ficar dez quilômetros distante da área central da cidade, o local é de fácil acesso, já que fica às margens da SID-159, na localidade de Rio Jordão Médio. “Todos os anos nossos rios e cachoeiras, de águas limpas e cristalinas, são muito procurados”, pontua o diretor de Turismo de Siderópolis, Dirlei Bortoluzzi, o Dido.

Para deixar esses locais mais atrativos, a Prefeitura realiza algumas melhorias no entorno, como a instalação de lixeiras em pontos estratégicos. “O papel do Município é sempre apoiar e divulgar o nosso potencial. Mas também temos muito cuidado e muita preocupação em preservar estes locais limpos, para que sejam aproveitados, mas de uma forma consciente, sem agredir o meio ambiente”, expõe.

Impulso à economia familiar

A procura de visitantes por opções de lazer no interior dos municípios tem auxiliado no fomento ao turismo rural, setor que está se expandindo na região. “A comunidade local, as famílias estão também mobilizadas, aproveitando o fluxo de pessoas e vendendo alguns produtos que são produzidos pela agricultura familiar, como queijos, salame, farinha de milho, cachaça artesanal”, acrescenta o diretor.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Siderópolis/Treviso

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.