Morre segundo prefeito de Forquilhinha e pai do presidente da Câmara

Nelson Da Soler, que foi prefeito entre 1993 e 1996, deixa legado de homem simples, honesto e trabalhador

- PUBLICIDADE -

Forquilhinha

Aos 72 anos, o primeiro vice-prefeito de Forquilhinha, de 1990 a 1992, e segundo prefeito eleito, de 1993 a 1996, Nelson Da Soler, morreu nessa terça-feira, 02, depois de complicações de saúde. Ele estava internado no Hospital São José, de Criciúma, e o quadro piorou quando sofreu um AVC no fim de semana.

- PUBLICIDADE -

Nelson Da Soler era um comerciante tradicional na cidade e respeitado por todos. Conselheiro, altruísta e inspirador, sempre brigou pelos interesses coletivos e pelo bem do município, até mesmo muito tempo depois de encerrar seu mandato na administração de Forquilhinha.

O ex-prefeito é pai do vereador Maciel Da Soler, presidente do Poder Legislativo da cidade. “Meu pai deixa um legado de homem simples, humilde, honesto, trabalhador, além de ter inspirado muitas pessoas, inclusive novas lideranças. Ele é meu espelho de vida. Se hoje eu participo do mundo político, tentando colaborar com minha cidade, é porque ele me inspirou”, ressaltou o presidente.

Além do vereador, o ex-prefeito deixa mais uma filha, esposa e uma neta. O velório e sepultamento serão realizados em uma cerimônia simples e restrita para evitar aglomerações por conta da pandemia.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.