Jovem criciumense é destaque em concurso da Porsche

Laura Venturini Minotto, de 18 anos, estampou o design de um veículo de uma das maiores marcas fabricantes de automóveis do mundo

Foto: Gabriela Otati
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Aos 18 anos, a criciumense Laura Venturini Minotto trouxe para o Sul, um motivo de comemoração e orgulho. A jovem participou de um concurso nacional que definiu o novo design de um carro de corrida promovido pela fabricante Porsche, uma das maiores do segmento automobilístico no mundo. O prêmio contou com cerca de 900 inscritos, entre eles, profissionais especializados na área.

- PUBLICIDADE -

Embora não tivesse nenhuma especialidade, a jovem não se sentiu intimidada, foi em busca de conhecimento para dar início ao processo de criação. “Eu ainda não comecei a faculdade, me formei no terceirão ano passado, em 2019. Tenho interesse por carros desde muito novinha, quando eu estudava no Sesc, no período integral, na parte da manhã tinha lazer, como só tinha eu de menina, praticamente só brincávamos de carrinhos de hot wheels, daí comecei a ter esse interesse”, conta Laura.

A jovem criciumense sempre teve encanto pelo ramo do design, desde o Ensino Médio, quando imaginava qual seria sua profissão no futuro. “Eu até pensei em fazer engenharia mecânica, mas acho que o design me puxou mais e eu decidi juntar o útil ao agradável, a minha paixão por carros e essa área. Me inscrevi para um bolsa de estudos na Europa e estou esperando o resultado”, acrescenta.

Interesse surgiu de um amigo

O interesse em participar da competição da Porsche surgiu através de um amigo, sabendo do amor da jovem pela área automobilística. “Ele me encaminhou um post no Instagram falando desse concurso e eu pensei em participar, mas não de primeira, porque era plotagem automotiva, de corrida, e eu não tinha experiência alguma na parte do design em si, ainda mais de pintura de carros. No fim, pensei alguns dias, mas me inscrevi”, revela Laura.

Inspiração

As dificuldades ao longo do caminho se tornaram pequenas perto do desejo em conquistar a premiação. “Não sabia mexer no photoshop, tive que dar um jeito. O processo de criação foi instantâneo, eu comecei a pesquisar mais sobre plotagem de corrida e referenciais porque não fazia nem ideia, não tinha noção alguma. Daí achei um carro que tinha um detalhezinho verde, bem minúsculo, que me deu a ideia de fazer o degrade verde florescente com preto”, conta a jovem.

Com 900 profissionais inscritos, no início, parecia um sonho distante de ser realizado. “Não imaginei ganhar, tinham profissionais competindo, inclusive, um deles trabalha na Porsche Cup, então eu fiquei ‘ah não vou ganhar, mas só de ter inscrito e chego à semifinal já está bom’. Quando ganhei foi uma surpresa, fiquei extremamente feliz com o resultado, nem acreditei”, comemora Laura.

Visita ao autódromo

O resultado veio e a jovem foi contemplada como a design vencedora do concurso. Entre as premiações, Laura ganhou uma viagem com acompanhante até Interlagos, para visitar o autódromo e acompanhar a última etapa da Porsche Cup Brasil. “Nós chegamos em São Paulo na quinta-feira, quando eu vi o carro, foi uma sensação muito diferente, nunca tinha sentido, foi muito gratificante, eu fiquei extremamente feliz. Eu realmente estava realizando um sonho, porque é um sonho trabalhar com isso. E ter chego ali, sem experiência alguma, foi surreal para mim”, enfatiza.

Divisor de águas na carreira

O concurso abriu as portas para o futuro profissional da jovem, que almeja seguir na área de design automobilístico. “Como eu disse outro dia, foi um divisor de águas, porque eu quero isso, é meu sonho, mas aqui no Brasil é extremamente difícil essa área, tem pouca informação. Ir para fora acaba sendo muito caro para estudar, eu estava meio desanimada, mas ter vencido o concurso foi um divisor de águas, para não desistir e ir atrás do meu sonho”, finaliza Laura.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.