Içara: Equipe do Hospital São Donato define estratégias contra o Coronavírus

Os procedimentos para o diagnóstico e o tratamento adequado foram apresentados pela médica infectologista responsável do Hospital São Donato, Mônica Anselmo Junkes, nesta sexta-feira, dia 14.

- PUBLICIDADE -

Nenhum caso do coronavírus Covid-19 foi confirmado no Brasil até agora. Mas o alerta permanece. Semelhante a etiqueta da gripe, a orientação é lavar bem as mãos, manter os ambientes arejados e sempre que tossir, utilizar uma barreira para que as gotículas não cheguem a outras pessoas. Os cuidados valem também para os profissionais da saúde, neste caso, com condutas ainda mais específicas no atendimento de pacientes sob a suspeita de infecção.

Os procedimentos para o diagnóstico e o tratamento adequado foram apresentados pela médica infectologista responsável do Hospital São Donato, Mônica Anselmo Junkes, nesta sexta-feira, dia 14. O treinamento foi realizado pela comissão de educação continuada em parceria com o setor de Controle de Infecção Hospitalar baseado nas estratégias já definidas pela Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde.

- PUBLICIDADE -

“O coronavírus foi identificado na década de 1960 e pode ser encontrado, além dos humanos, em porcos, camelos, morcegos e gatos. Nas pessoas, há sete subtipos, dos quais, três são passíveis de síndromes respiratórias mais graves. O contágio é elevado, mas a taxa de mortalidade é de 2% a 3%. É menor do que outras pandemias relacionadas ao mesmo vírus”, indica a médica.

“Com um mundo cada vez mais globalizado, é importante estar sempre pronto para o combate a doenças que podem ter escala mundial. A partir da capacitação, os colaboradores puderam esclarecer dúvidas, definiram também um fluxograma interno de atendimento dos pacientes que chegarem ao hospital sob alguma suspeita de infecção e estarão mais preparados para uma resposta adequada”, pontua a coordenadora de CIH, Vanessa Maffioletti.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.