Dia de Nossa Senhora do Caravaggio será celebrado sem presença de fiéis

Completando quase sete décadas de festejos, este será um ano atípico. Sem a tradicional festa, os religiosos poderão acompanhar as celebrações através das redes sociais

Foto: Lucas Colombo/ Arquivo

- PUBLICIDADE -

Nova Veneza

A tradicional festa em honra a Nossa Senhora do Caravaggio chega a sua 69ª edição, mas, este ano, será celebrada de uma maneira atípica. Reunindo milhares fiéis em busca de bênçãos, devido à pandemia causada pelo coronavírus, o cenário mudou a trajetória dos eventos festivos, mas a importância da fé e união será mantida durante as celebrações realizadas hoje, dia 26, data da aparição da Santa, até o dia 31 de maio, no domingo. 

- PUBLICIDADE -

De acordo com o reitor do Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio, em Nova Veneza, Valdemar Carminatti, este ano a festa será realizada apenas em aspecto espiritual dentro do templo. “Nós estamos fazendo as novenas online com pequenos grupos em cada celebração. Amanhã (hoje), que é o dia da aparição, na parte da manhã, através do serviço de alto falante teremos o toque dos sinos e o canto à Nossa Senhora do Caravaggio. Às 9h, a imagem da Santa será levada e carregada pelas ruas, em frente às casas das nossas famílias, as abençoando“, enfatiza. 

No fim da tarde, a partir das 18h, haverá a Santa Missa presidida pelo Bispo Dom Jacinto Inácio Flach, e transmitida através das redes sociais. Ao longo da semana, até dia 30, as celebrações serão realizadas às 18h. No dia 31, data que aconteceria o domingo da festa, haverá uma missa conduzida novamente pelo Bispo da Diocese às 8h30min. Todas as celebrações serão realizadas sem a presença do povo. Neste ano, não haverá o tradicional parque de diversões e jantares típicos realizados pela comissão organizadora por consequência da pandemia. 

“Esse ano é o ano de ficarmos mais no aspecto interior da reflexão. Como a pandemia nos colocou dentro de casa, estamos mais juntos, com a possibilidade de rezar, refletir e dialogar. Então também o aspecto espiritual da festa segue essa lógica, de não deixarmos passar em branco, mas lembrarmos que o fundamental em uma festa não é o social ou a parte gastronômica, mas sim, a parte espiritual, e nós estamos realizando de forma mais modesta, como nos impõe essa realidade”, acrescenta o reitor.  

Redes sociais têm contribuído com aproximação

Apesar das missas terem sido liberadas no Estado com inúmeras medidas de prevenção e combate ao coronavírus, no Santuário de Caravaggio, durante essa semana, as celebrações serão realizadas sem a presença dos fiéis e em paralelo com as transmissões online. “Estamos em festa com coragem, esperança e fé, acreditando que a fé crescerá mais ainda com todos esses limites, e hoje, pela facilidade das redes sociais, muitas pessoas vão poder participar online das suas casas, junto das suas famílias e assim a mensagem poderá ir longe e não ficar restrita dentro do templo como foi no ano passado. Aquilo que fazemos aqui, podemos repercutir no mundo todo com as redes sociais”, finaliza Carminatti. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.