Criciúma: nova diretoria assume Asilo São Vicente de Paulo

Zalmir Casagrande deixa a presidência após seis anos no comando da instituição filantrópica

Foto: Lucas Colombo/TN

- PUBLICIDADE -

Criciúma

“Foi um período de muitas conquistas e de transformação, principalmente da ideia de proporcionar aos idosos aquilo que queremos para nós, ou seja, qualidade de vida e um ambiente descente”. É dessa forma que Zalmir Casagrande resume os seis anos que esteve à frente da diretoria do Asilo São Vicente de Paulo, em Criciúma. Hoje, dia 31, Casagrande se despede do comando da instituição, vaga que passa a ser ocupada por José Hélio de Luca, até então vice-presidente.

- PUBLICIDADE -

De acordo com Casagrande, durante esse período à frente da diretoria, muitas mudanças foram proporcionadas com o apoio da população. “Praticamente foi um divisor de águas da gestão, porque o asilo era uma instituição que estava muito largada, muito abandonada. E, com o auxílio da comunidade, a gente foi devargarzinho e praticamente interferiu em todos os ambientes. Hoje eu costumo brincar dizendo que é um hotelzinho três estrelas”, analisa.

Melhorias na estrutura

A entidade localizada no bairro Michel passou por melhorias na parte estrutural, permitindo um atendimento mais humanizado a 70 idosos. “Praticamente foi mexido em tudo. Começamos pela lavanderia, pois nós tínhamos uma que era totalmente deficitária. Praticamente construímos uma lavandeira nova, conseguimos equipamentos novos. Ou seja, praticamente deixamos de gastar dinheiro e passamos a ter economia”, conta o presidente.

Além das melhorias já realizadas, há outras que estão em andamento. “Já deixamos encaminhado o projeto do novo reservatório de água, da reforma da capela e da parte dos bombeiros, para-raio. E também tem o projeto com a desafetação da rua lateral, que, de repente, pode virar o projeto ousado de criação do Instituto São Vicente de Paulo”, elenca.

Confira a reportagem completa na edição desta sexta-feira, 31, do jornal Tribuna de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.