Criciúma: Edifícios e condomínios deverão contar com cadeira de rodas

A obrigação consta no projeto de lei, PL 80/2020 aprovado nesta segunda-feira, dia 21. Agora, a matéria segue para sanção do prefeito

Foto: Clara Fernandes/ Comunicação Câmara

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Os edifícios e condomínios residenciais, comerciais, recreativos ou similares no Município de Criciúma deverão disponibilizar cadeiras de rodas para transporte de pessoas com deficiência, idosos e casos emergenciais. A obrigação consta no projeto de lei, PL 80/2020 aprovado nesta segunda-feira, dia 21.

- PUBLICIDADE -

Conforme a matéria, os edifícios e condomínios com mais de dois pavimentos deverão disponibilizar, de forma permanente, em suas dependências no mínimo uma cadeira de rodas. Caberá também a eles a manutenção das cadeiras e a determinação de locais de fácil acesso para a utilização. Deverá haver também nas portarias e áreas comuns, avisos sobre a existência desse benefício.

Para o autor do PL, vereador Júlio Kaminski, a medida vai proporcionar maior conforto aos moradores e visitantes. “Considerando que a criação de novos espaços, contempla, de forma geral, somente aquelas pessoas que apresentam plena saúde e condições físicas, o projeto visa ofertar, quando necessário, maior conforto e comodidade aos deficientes, idosos, além da utilização em casos emergenciais”, afirma em justificativa do projeto.

A matéria segue agora para sanção do prefeito.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.