Covid-19: Extremo Sul se mantém em grave pela quarta semana

O indicador leva em consideração diversos aspectos da pandemia

Foto: Robson Valverde/ Secom
- PUBLICIDADE -

O extremo sul se manteve em risco potencial Grave na avaliação do governo do Estado de Catarina. O indicador leva em consideração o isolamento social, testagem e isolamento de casos, reorganização de fluxos assistenciais e ampliação de leitos. Esta é quarta semana na matriz de risco Grave.

Desde a semana datada de 18 de agosto, apenas no período de 25 de agosto é que a região do extremo sul retornou para a área de risco Gravíssimo. Foram cinco marcações como área Grave e que influenciam na reabertura das atividades. Um dos fatores que podem melhorar o retorno das atividades embasados na segurança é a questão do isolamento social. A região se encontra em Nível 4 de isolamento, configurando como Gravíssimo nos índices de medição. Se baixar o isolamento social ligado ao desrespeito das medidas em vigência pode acarretar em novos fechamentos embasados em elevação dos números de casos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.