Centro de Triagem de Cocal do Sul completa 50 dias

O local recebeu adaptações e equipamentos de acordo com as normativas da ANVISA e do Ministério da Saúde

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Cocal do Sul

O Centro de Triagem de Cocal do Sul criado para atendimento de Síndromes gripais/COVID-19, completou 50 dias na última semana, no dia 12. Localizado no Centro do Idoso, Bairro Jardim Itália, já atendeu 321 pacientes, onde dos 89 pacientes monitorados, 69 já receberam alta e 20 seguem em monitoramento.

- PUBLICIDADE -

Segundo os dados notificados pela Vigilância Epidemiológica Municipal até momento: 38 casos descartados (todos com realização de coletas enviadas para o LACEN), casos considerados suspeitos são cinco, também todos com coletas de exames aguardando resultados do LACEN. Até o momento 49 coletas foram realizadas.

Desde o início da pandemia o município contabilizou seis casos, sendo um óbito homem de 61 anos que apresentava outras comorbidades. Este caso deverá aparecer diariamente no boletim epidemiológico como confirmado.

O local recebeu adaptações e equipamentos de acordo com as normativas da ANVISA e do Ministério da Saúde, e conta com uma equipe devidamente habilitada, com médicos, enfermeiras, técnicas de enfermagem, higienizadoras e suporte dos profissionais de odontologia e outros.

Segundo a Secretaria de Saúde de Cocal do Sul, Sinara Crippa Milanez, as ações de enfrentamento a pandemia realizadas pelo município são de fundamental importância. “A cada momento traçando novas estratégias para melhorar os índices epidemiológicos e os resultados positivos virão. Mas a sociedade precisa estar unida, e levar a sério as ações de prevenção e cuidados”, comenta Sinara.

Atendimento

O Centro de Triagem atende das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira. Os pacientes com sintomas relativos a COVID-19 direcionadas para triagem após esse horário, devem procurar o pronto atendimento que tem horário de funcionamento até às 22h de segunda a sexta e nos sábados, domingos e feriados das 8h às 18h. Nos casos de muita necessidade dirigi-lo aos hospitais da nossa região.

Os monitoramentos vêm acompanhados pela equipe dos Estratégia Saúde da Família (ESF´s) e da Vigilância epidemiológica, que orienta os pacientes e os familiares sobre o quadro clínico apresentado.

Com relação à notificação dos casos confirmados ou monitorados além dos serviços de saúde do município (Pronto atendimento/ESF´s) eles podem vir de diversos outros setores públicos e privados: hospitais, clínicas, centro de triagens, UPAS, laboratórios privados ou até de outros Estados onde quer que os pacientes do nosso município sejam atendidos deverá existir a notificação. Os casos advindos de outros estabelecimentos são comunicados e notificados à Vigilância epidemiológica do município de Cocal que assim que é comunicado, com brevidade, inicia os procedimentos de orientação e monitoramento seguindo com rigor os protocolos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.